O Outro Lado do Mundo

"Esse mundo é cheio de dificuldades, Aurora. Cheio de decepções, medos... Até que você encontra um outro lado diferente. Um lado oposto a tudo isso. Aquele que faz você encarar tudo com força e te faz ver que a vida vale os sacrifícios, apesar de tudo."
Autora: Lívia Moura

      Aurora trabalha com seu avô, Oliver Carter, na agência de turismo da família. Ela se forma na área influenciada pela paixão de viajar do avô, mas acaba trabalhando mais com a parte burocrática, criando roteiros minimamente detalhados para viagens de outras pessoas. Recebe então uma inusitada intimação: para herdar a agência, ela precisa fazer uma viagem à Escócia, país de origens dos avós, e guiar turistas através dos lugares favoritos de sua avó, sem nenhum planejamento.

    Chegando lá, Aurora conhece seu tio avô, que também é dono de uma agência de turismo, e recebe um diário de sua avó, o diário da viagem aos lugares que deve visitar no presente. Acompanhada de três turistas e um guia mal humorado, que está a paisana para protegê-los, Aurora faz uma viagem ao passado e uma reflexão sobre sua vida até ali.

"Liberdade. Sempre nutri profunda obsessão pelo conceito dessa palavra que carrega consigo tantas possibilidades. Mas a definição pesa, a procura pesa... A liberdade só pode ser real quando sentida."

   A protagonista do livro começa a história meio desanimada. Pegou uma traição do namorado com a melhor amiga, está meio perdida profissionalmente e abalada com uma recente perda. Ela fica surpresa e depois indignada com a proposta do avô, que a faz largar sua vida cômoda para ter essa experiência. O livro intercala entre os pontos de vista de vários personagens, então é interessante não ficar presa à Aurora o tempo todo.

   Essa história de não poder planejar nem pesquisar sobre os locais da viagem eu achei bem exagerada, pois ela nem havia pisado no país antes disso. Em alguns momentos esse despreparo poderia ser bem perigoso.

   Os turistas, um irmão, uma irmã e o ex-namorado dela e amigo dele, são brasileiros, mas a menina é modelo em Nova York. O ex-casal tem uma história mal resolvida que movimenta o enredo também. Já o guia mal-humorado é um personagem misterioso que tem seus motivos para fazer essa viagem. É muito gostoso acompanhar a história e a evolução de todos eles.

"- Escolhas que definem uma vida e palavras nunca ditas. É a história mais antiga do mundo. (...) Na juventude a gente tende a acreditar que nada é definitivo, até que o tempo vai passando e, junto com ele, a chance de consertarmos nossos erros ou corrigirmos o inacabado."
    O livro tem vários enredos acontecendo ao mesmo tempo, e foi feito de maneira equilibrada e divertida. Muitas partes da história de cada personagem são muito pesadas, mas a autora consegue mediar com muitos momentos leves e aventuras.

   Gosto muito dos trechos dos diários da avó de Aurora e consegui rir e chorar com a leitura, além de refletir bastante. É uma leitura que vale a pena para relaxar e para repensar a vida. Consegui aproveitar bastante e fiquei com uma sensação de história completa.

"- Você não tem o poder de fazer alguém ficar, mas tem o de escolher como vai lidar com a despedida."
      Além de ser bem barato, o livro também está disponível no Kindle Unlimited (que foi como eu li). Confesso que fui atraída pelo título e capa, e fiquei curiosa para ler mais da autora. E vocês, já leram? Não esqueçam de comentar :)
"Cicatrizes profundas são eternas, mas isso não quer dizer que as feridas que as causaram devam doer para sempre."
*Comprando no link acima você ajuda o blog com uma pequena porcentagem da compra, sem aumentar o valor para você :)

Boa leitura!
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...