Anne de Green Gables

"O observador incomum talvez notasse que o queixo era afiladíssimo e pronunciado; que os olhos se enchiam de espírito e vivacidade; que a boca tinha lábios meigos e expressivos; que a fronte era plena e perfeita; em resumo, nosso observador incomum e perspicaz talvez deduzisse que não era uma alma banal que habitava o corpo daquela menina-mulher abandonada que tanto e tão ridiculamente assustava o tímido Matthew Cuthbert."


Autora: L. M. Montgomery
Editora: Martins Fontes

    Matthew e Marilla Cuthbert são dois irmãos que já estão com certa idade e moram sozinhos em sua fazenda, Green Gables. Resolvem então adotar um órfão: um menino de 11~12 anos que os ajude no trabalho do campo. Por uma confusão, o que chega a eles é uma menina desengonçada, cheia de energia e imaginação.

    Anne se torna o assunto da cidade, uma vez que além de sua chegada ter sido surpresa para muitos, ela carrega uma característica marcantes: cabelos ruivos. Apesar de ser muito positiva e sonhadora, a menina também consegue ter um forte gênio e grande teimosia, e vai pouco a pouco conquistando os moradores de Avonlea.

    Amo livros com crianças e esse clima familiar, e apesar de ser um livro publicado originalmente em 1908, só vim a conhecer essa história ano passado. Comprei esse livro há muito tempo (2014, tsc) e não havia nem retirado do plástico até essa semana. Cheguei a assistir a adaptação feita em 2016 e comecei o livro em ebook também no ano passado, mas apesar de ter ficado encantada, não levei a leitura a frente.

    Esse ano, resolvi finalmente pegá-lo e fico feliz que tenha sido nesse momento da minha vida, pois o livro me animou e alegrou muitas vezes, me peguei rindo e chorando em diversos momentos. De alguma maneira me lembra um pouco de Pollyanna, mas as duas meninas são bem diferentes. 

    Anne tem muita personalidade, mas a forma como ela vê o mundo e usa sua imaginação é cativante. Morri de rir com suas travessuras e foi nostálgico ver como pequenas preocupações podem preocupar tanto quando somos crianças. Ela, por exemplo, é extremamente incomodada com o seu cabelo ruivo, enquanto eu tive uma fase em queria muito ser loira, graças a representação de princesas na maioria dos desenhos e livros (inclusive a princesa Sara, do desenho Cavalo de Fogo), e lembro que chegou a ser uma grande preocupação minha na época. 

    Vários outros personagens são tão adoráveis quanto Anne, mas gosto principalmente do núcleo familiar de Green Gables, que se completa muito bem. Apesar de ter muitas descrições do ambiente e do vestuário, não achei o livro cansativo, mas em alguns momentos precisava de um pouco mais de atenção para continuar a leitura.

    Como assisti a adaptação de 2016 antes, não consegui marcar a Anne do livro claramente na minha mente, a vendo mais como a menina que conheci no filme, que não batia exatamente com a sua descrição. Descobri recentemente que está sendo feita uma nova adaptação em série e achei a atriz muito mais parecida com o que esperava da personagem, e estou muito animada para assisti-la. Provavelmente também assistirei as outras versões já produzidas. Como é uma série muito famosa em outros lugares do mundo (a história de Anne foi contada em vários volumes), há muitas adaptações para assistir e comparar. 

   Encontrei uma palavra que não foi traduzida e senti falta de mais capricho na edição, principalmente por ser uma edição comemorativa de 100 anos de Green Gables, como diz o selo na capa. Talvez uma capa dura e algumas ilustrações fizessem mais jus ao título.

    Recomendo o livro para todas as faixas etárias e posso dizer que foi uma leitura muito prazerosa. Estou ansiosa por pegar os próximos volumes e continuar a conhecer Anne e os habitantes de Avonlea. E vocês, já conheciam essa história, estão prontos para conhecê-la? Não esqueçam de comentar abaixo!

Boa leitura!

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Cultura, Fnac, Saraiva, e Travessa.

Ps: Esse livro faz parte do Desafio Literário Diminuindo a Pilha 2017, do mês de abril, no tema Clássicos.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...