Boneco de Neve

"Já possuía algumas respostas, mas não todas. Nunca todas. Por exemplo: se maldade e loucura são duas coisas distintas ou se somos apenas nós que decidimos chamar de loucura tudo que está além daquilo que compreendemos como motivo para a destruição."


Autor: Jo Nesbø
Editora: Record

   Com a neve, várias coisas divertidas acontecem: guerra de bola de neve, escorregar de trenó, patinar em lagos congelados, fazer bonecos de neve. Entretanto, nem sempre ter um boneco de neve no seu quintal significa diversão.

   Uma mulher desaparece de sua casa misteriosamente, e a única pista é um estranho boneco de neve no seu quintal, que não foi feito por sua família. O detetive Harry Hole recebeu uma carta assinada por "Boneco de Neve" há alguns meses, mas não entendeu o que significava. Agora ele percebe que algo muito errado está acontecendo na Noruega.

    Está sendo muito difícil para mim falar desse livro aqui no blog, por dois motivos:
1 - grande parte das coisas não está na sinopse, e eu não quero dar spoiler;
2- eu gostei bastante da leitura.

   Esse livro faz parte de uma série, do detetive Harry Hole, é o sétimo volume. Por causa disso, eu percebi que perdi várias coisas na vida dele, mas não fiquei perdida na história. Ele é um profissional inteligente, mas com vários problemas pessoais (o que é comum nesse tipo de livro) e que fez um curso especializado em Psicopatas, e parece um pouco obcecado com esse assunto, o que acaba dificultando um pouco o seu trabalho. 

   Uma dica que eu posso dar para quem for ler esse livro é: não perca os detalhes. A trama é complexa e incrivelmente detalhada. Apesar de alguns furos e um personagem misterioso que não é explicado (acho que quem leu vai saber do que eu estou falando), a história é bem fechada. É interessante prestar atenção em tudo, para no final conseguir encaixar as peças desse quebra-cabeça.

   Os personagens, assim como a trama, tem várias camadas, e dão um nó na nossa cabeça se não tivermos cuidado. A história pessoal de vários deles é contada em alguns trechos e muitos são cativantes. Uma coisa que me distraiu e quebrou minha concentração foi os nomes destes e dos lugares. Nomes como Knut Müller, Arve Støp e Gunnar Hagen não me fazem lembrar quem são atualmente, e eu precisava muitas vezes ler umas duas linhas até me situar novamente.

   Quanto à comparação com Silêncio dos Inocentes que existe na contra-capa, nada posso dizer. Não li esse livro, mas concordo que Boneco de Neve é arrepiante e diabolicamente complexo. Em algumas partes eu não conhecia largar e em outras eu precisava fazer isso, respirar e colocar a cabeça no lugar. 

   Foi uma leitura muito boa, e que me deixou um dois dias pensando em um determinado trecho. Peguei sem expectativas, e não me arrependo. Recomendo para os que gostam de um bom suspense e uma trama complexa. Fiquei curiosa para ler a série desde o início, mas infelizmente não foram traduzidos para o português ainda, talvez me arrisque em inglês, até porque no original não dá :(

   Não esqueçam de comentar o que acharam, ou se pretendem ler, por favor! Se já leu e quer comentar algo, me mande uma mensagem pela página no Facebook ;)

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!

Ps: Esse livro é referente a Março no

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...