Prodigy

ATENÇÃO: Esse livro é o segundo volume da trilogia Legend, cujo primeiro é Legend (resenha aqui), e essa resenha contém spoilers do livro anterior.

Autora: Marie Lu
Editora: Rocco

   Em Prodigy, encontramos June e Day onde estavam quando Legend acabou: indo de trem para Las Vegas. Depois de fugir de sua execução, Day está sem muitas opções, principalmente agora que June também é procurada pelo governo. Os dois então partem à procura dos Patriotas, o grupo rebelde da República, em busca de cura para Day e auxílio para encontrar seu irmão mais novo, Éden, que se encontra em poder do governo.

   Quando conseguem chegar ao destino, uma coisa inesperada acontece: o Primeiro Eleitor morre. Em um encontro com os Patriotas, eles recebem uma oferta: a ajuda necessária em troca da afiliação dos dois ao grupo e da execução de uma missão: matar o novo Primeiro Eleitor, Anden, o filho do antigo líder. Nesse processo os dois descobrem que nem tudo é o que parece, e que muitas escolhas são difíceis de se fazer.

   Estava muito animada para ler Prodigy, pois gostei muito de Legend, o primeiro livro da série. Começamos o livro com um Day um pouco mais amargo e desconfiado, o que é compreensível. June, por outro lado, apesar de carregar uma enorme culpa pelo que aconteceu no passado, continua decidida e muito forte.

   Fiquei um pouco entediada com o começo do livro, e várias atitudes do Day me irritaram, mas depois de um tempo o livro pegou um ritmo bom e eu me vi ansiosa para saber como terminaria. Uma coisa que me decepcionou muito é a quantidade de clichês. Para o leitor que esteja lendo outras séries distópicas atuais, talvez seja uma boa dar um tempo antes de ler essa, pois tem vários pontos em comum. Não vou discorrer quais são pois teria que dar vários spoilers, mas esperava algo diferente dessa história. Apesar de já ter alguns clichês no primeiro, não esperava tantos no segundo.

   Uma coisa boa nesse livro foi o aprofundamento em alguns personagens secundários, o que me deixou mais interessada na história em saber mais sobre eles. Espero ter boas surpresas em relação a eles em Champion.

   Já tenho o terceiro livro comigo, e espero conseguir lê-lo em breve, apesar de estar um pouco desanimada. Espero que a autora consiga trazer um bom final à história, mas que seja principalmente condizente com o que foi construído até agora. E vocês, estão lendo? Gostaram desse volume? Não esqueçam de comentar!

Esse livro faz parte do Desafio Literário Skoob 2015, referente ao mês de Janeiro,
e do 2015 Reading Challenge, na categoria "Um livro cujo é título é apenas uma palavra".

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino e Travessa.

Boa leitura!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...