Fallen


Autora: Lauren Kate
Editora: Record

   Luce é uma jovem de 16 anos que passou por uma experiência terrível e tenta recomeçar em uma nova escola. Só que não foi sua opção mudar de colégio, muito menos para o reformatório em que foi mandada. Longe de tudo que conhece e ama, a nova escola parece ainda mais pavorosa. Com prédios com aparência de abandonados, professores e funcionários estranhos e um uniforme bizarro: roupas discretas e pretas.

   No primeiro dia, Luce conhece algumas pessoas que se tornam muito importantes: Ariane, Cam, Gabbe e Daniel e começa a se familiarizar com as regras do lugar. Ao conhecer Daniel, Luce se sente estranhamente segura e por alguns instantes esquece de seu passado, até que ele é grosseiro com ela. Parecendo ter algo a esconder, Daniel é grosso e sempre foge dela, mas ela se sente extremamente atraída por ele, e não ajuda que ele sempre pareça estar por perto. Será que Luce poderá descobrir o que há e sobreviver a isso?

    Então. Sentimentos dúbios em relação a este livro. A história toda é um enorme clichê. A mocinha conturbada, com um passado sombrio, que inicia em um novo lugar e conhece dois misteriosos meninos: Daniel, por quem ela sente uma forte atração, mesmo que ele fuja o tempo todo e a trate mal, e Cam, um rapaz lindo e que a trata com toda a delicadeza do mundo, mas por quem ela não sente nada mas não consegue se afastar.

    Luce é uma personagem chata. O tempo todo ela fala do que aconteceu com ela, como a vida dela é horrível, como ela queria recomeçar mas não consegue, mas ao mesmo tempo eu não consigo vê-la realmente se esforçando para mudar. E o livro todo ela traz uma personalidade conflitante: ela está muito atraída por Daniel, mesmo ele sendo um babaca com ela, mas não consegue resistir aos avanços de Cam. Ela quer recomeçar, mas pouco investe nisso. Talvez se o livro não fosse na visão dela fosse mais interessante.

   Ao mesmo tempo que esses clichês e chatices me cansavam, eu não conseguia largá-lo! Inexplicavelmente eu precisava saber o final. Talvez isso se dê graças aos personagens secundários, principalmente às duas amigas de Luce: Ariane e Penn, que tem a personalidade muito mais definida e cativante e aparecem muito menos do que eu gostaria. 

   Quanto aos dois: Cam e Daniel. Os dois são descritos como lindos e musculosos e todas as características de "garotos lindos e perfeitos" que conhecemos. O jeito de agir dos dois com Luce é totalmente diferente, e mesmo com toda a explicação que se dá depois eu não consigo compreender as atitudes de Daniel. Além disso, não consegui sentir uma química forte entre nenhum deles com Luce, então não me senti muito envolvida.

    O final é diferente do que eu esperava, e fiquei um pouco irritada com a explicação que a autora deu quanto à Luce, mas fiquei curiosa para saber mais da mitologia que foi criada no primeiro livro e provavelmente vou ler os próximos. Dependendo do segundo posso continuar a série ou não. E vocês, já leram? Gostaram? Deixem nos comentários, por favor ;)

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas (econômica), Cultura, SaraivaSubmarino (econômica), Travessa.

Boa leitura!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...