Jonathan Strange & Mr. Norrell

 "Não vivemos uma época para magia ou conhecimento, não é mesmo? Comerciantes prosperam, marinheiros, políticos, mas não magos."

Autora: Susanna Clarke
Editora: Seguinte

    Na Inglaterra de 1806 duas coisas simultâneas acontecem: a guerra contra Napoleão e o estudo da magia teórica. Há alguns séculos não se vê magia na prática, até que um mago recluso, Mr. Norrell, afirma que pode praticá-la e faz uma demonstração, mudando tudo o que é conhecido nessa época. Esse mago tem o sonho de revitalizar a magia inglesa, sobre seus conceitos e condições, centralizando o conhecimento em si.

    Tudo muda quando um jovem descobre que também consegue realizar magia: Jonathan Strange. Inicialmente se apresentando e sendo aceito como discípulo de Mr. Norrell, Strange, ele começa a ter suas próprias ideias, que fogem do conservadorismo do mestre, e essa ruptura pode ter consequências inesperadas em suas vidas e no destino da Inglaterra.

    Esse livro me foi recomendado há muito tempo (a minha edição foi comprada em 2015, tem até o selo de troca da Saraiva rs) mas acabei não lendo até agora. Estou em uma missão de ler os livros físicos das minhas estantes, e esse foi um dos escolhidos para os 12 de 2021

    Eu amei a escrita da autora. Achei divertida, os personagens são complexos e as descrições são muito claras para mim. É um livro grande, tem 820 páginas, e a leitura é densa. Não consegui sentar e ler mais de 100 páginas por vez, e normalmente li umas 40, 50 em um dia. Mas é uma leitura muito gostosa, envolve algumas pessoas que fizeram parte da história real com cenas de magia, tudo de uma maneira muito natural. O livro também traz diversos "fatos históricos" da magia, que fazem com que o leitor se sinta como se realmente tivessem acontecido na vida real (quem dera).

    Além de falar de magia, o livro também traz vários questionamentos existenciais interessantes, como relações na sociedade, influência de companhias, busca pelo que se realmente deseja, personagens aceitando sua natureza, questionamentos sobre loucura. 

"Era como mergulhar sob uma cachoeira ou ter o som de duas mil trombetas num ouvido. Tudo o que pensara antes, tudo o que sabia, tudo o que ele fora ia sendo levado numa grande inundação de emoções e sensações confusas. O mundo se fez novamente em cores iguais a chamas insuportáveis. Novos temores, novos desejos, novos ódios o transpassavam. Presenças grandiosas o rodeavam. Algumas tinham bocas perversas cheias de dentes, e olhos grandes ardentes. Algo semelhante a uma aranha horrivelmente atrofiada alçava-se ao lado dele. Estava cheia de malignidade."

    Estou interessada em assistir a série da BBC inspirada no livro, e gostaria muito de ver algumas cenas trazidas à vida. Demorei um mês lendo esse livro e valeu muito a pena. Vou procurar outros trabalhos da autora, que também ouvi falar bem, no futuro. Magia é um dos meus interesses favoritos na leitura, e esse livro trouxe um mundo mágico muito complexo e atrativo, apesar de ter vários fatores assustadores também. 

    E vocês, já leram esse livro? Não esqueçam de comentar!

Boa leitura!

*Comprando nos links acima você ajuda o blog com uma pequena porcentagem da compra, sem aumentar o valor para você :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...