O Segredo do Meu Marido


Autora: Liane Moriarty
Editora: Intrínseca

   Cecilia Fitzpatrick vive o sonho americano: três filhas pequenas inteligentes e bonitas, um marido que é presente e ótimo pai e uma fonte de renda própria e muito lucrativa. Vivem em uma casa confortável e ela é muito popular na pequena cidade. 

   Um dia, porém, ela descobre por acaso uma antiga carta que pode mudar tudo. Com o "Para ser aberto apenas na ocasião da minha morte" escrito no envelope, Cecilia se debate em abrir ou não a carta, e quando finalmente o faz, descobre um segredo que não só perturba sua vida perfeita como afeta outras pessoas.

    Dividida entre revelar ou não o segredo do marido, Cecilia se vê em debates morais e reavalia tudo o que antes considerava perfeito. O que seria a coisa certa a fazer nesse caso? Sofrer com um segredo que não é dela ou magoar pessoas que ama?

   Fiquei muito curiosa com a sinopse, principalmente por ser um segredo que envolve outras pessoas. Tramas complexas são sempre interessantes de se ler. O livro é narrado por mais duas mulheres: Rachel, que sofreu uma grande perda e Tess, que viu sua vida tomar um rumo inesperado. As três intercalam os capítulos do livro, dando uma nova dimensão à narrativa de Cecília. 

   Cecília é uma típica dona de casa americana: se desdobra em várias tarefas. Cuida de todos os detalhes da vida das filhas, se envolve na escola em que estudam e ainda tem tempo para reuniões de venda na casa de clientes. E isso tudo sem se perder em nenhum momento. Quando descobre a carta e posteriormente seu segredo, ela perde o rumo. Preocupada em fazer a coisa certa, ao mesmo tempo ela pesa o que as consequências disso poderiam fazer com o que ela conhece.

    Gostei dessa divisão na personagem e a achei muito realista. Na vida muitas vezes queremos fazer a coisa certa, mas por n motivos acabamos ou dando desculpas ou nos convencendo de que pode não ser o melhor a fazer. E, pior que isso, ficar refém do segredo de outra pessoa é um peso terrível. 

   A leitura flui muito bem, e de acordo com o andamento da história, vemos uma trama muito maior do que o relevado aparecer e que todos temos segredos. O livro gira muito em torno de hipóteses também. Se tal personagem não tivesse feito isso naquele segundo, isto teria acontecido. Se ele tivesse feito isso, isso não teria acontecido. Do mesmo modo que isso me deixou um pouco nervosa, pois foi uma coisa pequena que gerou um grande problema, me deixou fascinada. O desfecho do livro toma novas dimensões com isso.

   E, falando do desfecho, foi maravilhoso. Tudo se encaixa e, apesar de poder ter sido de maneira diferente, achei coerente e realista também. Muitas vezes somos movidos por muitos motivos diferentes para agir do jeito que agimos. Recomendo àqueles que gostam de um bom suspense ou de um drama familiar, os dois se encaixam. Foi um livro que me marcou esse ano e que talvez leia novamente.

   Minha única reclamação com essa edição foi a fonte. Por que tão pequena? As margens são bem largas, e poderia ter se equilibrado melhor isso. Tirando isso, a divisão dos capítulos é bem definida e gostei da formatação do livro, que precisa muitas vezes diferenciar um pensamento de uma fala ou narrativa.

   E vocês, já leram? Estão interessados? Deixem nos comentários, por favor ;)

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...