EXTRAORDINÁRIO


"Sabe o que eu acho? A única razão de eu não ser comum é 
que ninguém além de mim me enxerga dessa forma."


Autor: R. J. Palacio
Editora: Intrínseca

   August, ou Auggie, é um menino normal, gosta de sorvete, de brincar, de Star Wars, de sua cachorrinha Daisy. Uma coisa o difere dos outros garotos: sua aparência. Auggie herdou geneticamente uma doença que junto com outros problemas lhe causou uma severa deformidade facial. Ele nunca frequentou à escola e passou por várias cirurgias e tratamentos para tentar melhorar seus problemas de saúde, mas quando chega aos 10 anos e sua saúde tem uma melhora, seus pais o colocam na escola.

   Começa então uma nova vida para Auggie. Ele tem até esse momento um melhor amigo que vive em outra cidade e não convive muito com as crianças da vizinhança. Terá que enfrentar várias crianças desconhecidas, professores, pais, e lidar com suas reações à sua aparência.

   O livro é dividido em oito partes, três são narradas por August e as outras por outros personagens. Achei muito interessante essa divisão pois podemos avaliar uma situação pela visão de mais de um personagem, o que torna a cena mais completa e complexa. Outro ponto também é que podemos nos informar previamente de coisas que Auggie ainda não sabe ou explicações de coisas que ele soube.

   A vida de Auggie é complicada, mas também carrega essa complicações para sua família. Ele mora com seus pais e sua irmã, Via, e sua doença afeta diretamente a eles também. Vemos no livro a evolução e o amadurecimento de August com a escola, mas percebemos também essa mesma mudança em seus amigos e sua família.

   A história carrega assuntos pesados e dolorosos de uma forma mais leve e às vezes até divertida. Sua família é bem unida e amorosa, e Auggie tem apoio incondicional de seus pais. Via é um personagem forte, mas com suas fraquezas, normais da sua idade. Os personagens são realistas, e isso torna a trama muito mais interessante. Gostei de ver as reações de Auggie frente ao bullying e sua coragem ao lidar com os problemas do dia-a-dia e de sua deficiência. É um exemplo a se espelhar.

   É um livro muito emotivo e emocionante, mas ao mesmo tempo a escrita é simples e fácil de acompanhar. Um ótimo feito para a primeira obra da escritora. Espero que ela continue a escrever e pretendo ler o próximo livro que for escrito.

   Recomendo esse livro a todos. Crianças tem que ter essa noção do que o bullying pode fazer com alguém, e de como reagir a isso. Pais deveriam saber que um problema com seu filho não é o fim do mundo, e que as coisas podem ser superadas e transformadas numa situação normal. E pessoas com deficiência tem que saber que são seres humanos capazes de tudo que quiserem e merecedoras de respeito e amizade como qualquer outro.
 
Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

7 comentários:

  1. Eu amei esse livro, também achei bem interessante essa divisão na narrativa, pq a gente conhece o ponto de vista de outros personagens também. É um livro delicioso de se ler.

    ResponderExcluir
  2. EU QUERO LER O LIVRO AGORA!!!!!!!!
    RESENHA PERFEITA!!!
    Me deixou com água na boca!
    Quero ser amigo do Auggie! ^^
    Vou comprar o livro amanhã!
    Gostei muito da história.
    Parece ser um bom livro para crianças e/ou adolescentes lerem e terem consciência da conseqüência que o bullying pode levar.
    Bom, se não é isso que se trata o livro, a resenha o fez parecer assim.
    Tá de parabéns, senhora resenhista!
    Continue assim!
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! :D
      É um livro delicioso mesmo. Depois me diz o que achou ;)

      Excluir
  3. Eu esto louuuuco para ler esse livro! Fiz uma burrice de comprar um outro ai e deixei de lado o Extraordinário.

    Sua resenha ficou muito boa, parabénS! :)

    ResponderExcluir
  4. Nossa, acabei de ler um blog que estava falando desse livro também. Uma história muito linda, quero muito ler. As pessoas, ainda mais crianças que é onde mais acontece, não tem noção da influencia do bullyng!!!

    ResponderExcluir
  5. Caramba! Sempre achei que este livro era só "modinha", que resenha maravilhosa! Preciso ler Extraordinário! O assunto, os personagens, a forma como a narração foi dividida, parece mesmo extraordinário!

    ResponderExcluir
  6. Esse livro, parece otimo, é dificil lidar com os preconceitos, todas as pessoas são pessoas independente de suas deficiências, todas tem sangue vermelho, ou não? Esse livro é muito criativo, gostei da sua resenha, parabéns...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...