O Dom

ATENÇÃO: Esse livro é o segundo volume da série Bruxos e Bruxas, cujo primeiro é Bruxos e Bruxas (resenha aqui), e essa resenha contém spoilers do livro anterior.


Autores: James Patterson e Ned Rust
Editora: Novo Conceito

    Nesse livro Whit e Whisty, os irmãos bruxos que estão sendo caçados por esse novo governo, a Nova Ordem, continuam tentando fugir do Único Que É O Único enquanto tentam lutar contra esse movimento que está acabando com a liberdade, criatividade e vidas de muitas pessoas e achar seus pais, que também são foragidos.

    O livro começa de uma maneira um pouco confusa, com Whit separado de sua irmã e tentando se orientar. Entramos em uma cena que teoricamente deveria ser emocional, mas confesso que não mexeu muito comigo. Como no livro anterior, algumas coisas são passadas de forma muito superficial, e muitas vezes rapidamente esquecidas.

    Eu esperava neste livro ver uma evolução nos personagens, um amadurecimento. Porque vamos combinar, ser arrastado de casa no meio da noite, preso e descobrir que tem poderes super especiais para poder lutar contra uma grande organização deveria mudar algo nas pessoas, não? Mas tudo o que vi foram algumas cenas que sinceramente me pareceram incompreensíveis.

    Uma coisa que me surpreendeu neste livro foi como a aparição de O Único Que É O Único não me apavora ou traz um sentimento ruim, como deveria ser. Não consigo deixar de pensar em Voldemort, por exemplo, que sempre trazia um gosto amargo á boca quando aparecia. Muitas coisas ainda não estão explicadas e algumas me deixaram intrigadas, como, por exemplo, o que é o Dom.

     Continuo achando que é um livro para se distrair, pois a história em si não é muito convincente. Muitas coisas ficaram sem resolução neste livro, e algumas explicações foram simplesmente confusas. Mas, como minha curiosidade é muito grande, devo acabar de ler a série para ver se consigo algumas respostas. Espero ver pelo menos alguma evolução nos personagens no próximo volume. E vocês, gostaram desse livro? Deixem nos comentários, por favor ;)

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) AmericanasCulturaFnacSaraivaSubmarino e Travessa.    

Boa leitura!

Ps: Esse livro faz parte do Desafio Literário Skoob 2014,
referente ao mês de Agosto.

Turma da Mônica (edição 91 - Julho 2014)




   Continuando as postagens dos meses anteriores, vou falar aqui das revistas da Turma da Mônica do mês de Julho de 2014. Desculpem pelo atraso, mas acabei percebendo que não recebi as edições 90, de Junho, e ainda estou tentando resolver com a Panini isso. Esperava poder publicar na ordem de lançamento, mas como não resolvi até agora vou colocar no ar para não ficar mais atrasado do que já está.

    Espero que gostem! 

   Essas são as edições 91 (Julho de 2014):



Magali - Os novos moradores

   Um homem oferece uma viagem imperdível aos pais de Magali, e quando eles se vão, uma família muito estranha aparece para ocupar sua casa. Determinada a descobrir o que houve e consertar a situação, Magali se envolve em uma situação mágica. Achei muito fofa a interação da nossa heroína com o seu gato, Mingau. <3

Nessa edição também temos:
Outras quatro histórias da Magali (Eu conto, Louco por Melancia , Não, obrigada! e Maçãs), uma da Tina (Vamos ao Supermercado?), uma do Dudu (Exemplos), uma do Penadinho (Corujando), uma do Mingau (Gato Preto, Gato Branco), uma da Magali e Dudu (O Menino que virou Game)  e uma tirinha da Magali.



Cebolinha - A memória perdida

   Como sempre, Cebolinha está fugindo da Mônica. Só que dessa vez ele acaba entrando em uma aventura diferente. Ficando bem pequeno ele acaba fazendo uma viagem ao corpo humano. Será que conseguirá sair dessa?

Nessa edição também temos:
Uma história da Turma (O Moveleiro do Limoeiro), uma do Rolo (Terminar ou não terminar?), outras duas do Cebolinha (Camuflado e Aquela tarde de brincadeiras), uma do Penadinho (Alguém para jogar bola), uma da Mônica (Um conto moderno), uma do Piteco (Se adaptar),  e uma tirinha do Louco e uma do Cebolinha.



Cascão - Ladrões de Cérebro

   Dois alienígenas aparecem e arrumam a maior confusão com a turma! Será que o Cascão voltará ao normal?

Nessa edição também temos:
Uma história do Piteco (sem título), outras seis histórias do Cascão (Também faço, Se queria..., Controle, Aventuras em Terra Firme, Cuidando e No Balanço), uma do Penadinho (Só tenho olhos pra você), uma do Chovinista (Tão criativo que assusta), uma do Chico Bento (Palavrinhas mágicas), uma do Bidu (Quando ele inventa de me dar banho), uma do Cascão e Cebolinha (O que pode dar errado?) e uma tirinha do Cascão.




Chico Bento - Um dia mágico!

   Chico sai com a Maiada para se arrumar para sua festa, quando encontra um vendedor de feijões mágicos e acaba arrumando a maior confusão! Nem sempre a mágica age da forma que esperamos.

Nessa edição também temos:
Uma história do Piteco (Aula de Sobrevivência), uma do Zé Lelé (Que perigo este buraco!), duas do Papa-Capim (Dança da Guerra, pra quê? e Cipó), outras três do Chico Bento (A minha goiabera!,  Dolorido e Você combinou e não apareceu), uma do Jotalhão (Uma formiga chamada Jotalhão) e duas tirinhas do Chico Bento.






Mônica - O dia em que o Anjinho virou cupido

   Anjinho recebe uma nova função temporariamente: cupido. A Mônica não pode perder essa chance para tentar conquistar o menino dos seus sonhos, mas arruma muita confusão! 

Nessa edição também temos:
Uma história do Bidu (O truque das férias), uma da Tina (Teu passado te condena), outras três da Mônica (O pássaro Gloc, Anota Aí! e Você tá ouvindo isso?), uma da Thuga (Plantas Perigosas)  e duas tirinhas da Mônica e uma da Turma da Mônica.


 
 
   Comentem se gostaram e o que gostariam de ver sobre essas revistas, por favor :)
   E se compraram essas edições e gostariam de comentar alguma coisa podem me mandar mensagem através da página (para não dar spoilers para os leitores aqui).

Boa leitura!

Bruxos e Bruxas


Autores: James Patterson e Gabrielle Charbonnet
Editora: Novo Conceito

    Whit e Wisty Allgood são dois irmãos que vivem uma vida normal, até que a Nova Ordem toma o poder. Um governo autoritário e com regras rígidas, a Nova Ordem muda a vida de todos, e os dois são afetados quando numa noite são retirados de casa e presos sob a acusação de bruxaria. Indignados com esse absurdo, os dois tentam reagir, e é ai que coisas estranhas acontecem.

    Separados de seu lar e seus pais, os dois precisam descobrir como sobreviver e desenvolver esses poderes, para lutar contra a Nova Ordem e reencontrar seus pais e sua felicidade. Mas o Único Que É O Único, governante atual, é muito poderoso e tudo se torna perigoso demais.

     Bom, o livro tem 104 capítulos. São muitos capítulos pequenos, normalmente com duas páginas, e que às vezes intercalam entre os irmãos, às vezes continuam um anterior, do mesmo personagem. Não gostei muito dessa arrumação, pois achei desnecessário abrir novos capítulos quando era o mesmo personagem que narrava e apenas continuava o que estava sendo dito antes.

    O livro é muito rápido de ler, mas o enredo tem vários furos e coisas que são explicadas muito superficialmente. Como é uma série, não sei se isso mudará no futuro, mas senti falta de uma consistência na história. Os irmãos são presos e punidos sob acusação de bruxaria, mas o governante também tem dons mágicos (não é spoiler, está na página 30). A Ordem é super poderosa e sabe de tudo, mas em vários momentos os irmãos fazem coisas que não deveriam conseguir se realmente fosse assim. 

     A diagramação do livro, por outro lado está muito boa. A capa é muito bonita e tem um relevo gostoso ao toque, as páginas são amarelas e com a fonte grande, e tem um mapa no meio do livro que está com um efeito de sombreamento legal. 

    De um modo geral, é o tipo de leitura para se distrair. Se for se apegar aos detalhes, é um pouco frustante pela questão dos furos no enredo. Fiquei curiosa com alguns pontos da história, mas acho que deveria ter sido melhor desenvolvido e cortado algumas partes que não fizeram muita diferença a meu ver. Não sei ainda se vou ler os próximos livros da série, mas espero que melhorem.

    E vocês, já leram? O que acharam? Se a série melhorar, comente, por favor (sem spoilers!). 

Boa leitura!

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) AmericanasCulturaFnacSaraivaSubmarino e Travessa.    

Ps: Esse livro faz parte do Desafio Literário Skoob 2014,
referente ao mês de Agosto.

Leituras de Julho

    Mês passado a lista saiu mais cedo, mas eu não queria deixar de postar para vocês as leituras de Julho, espero que curtam!

Livros

Resenha                                    Resenha                               Resenha                                      Resenha
Resenha                                    Resenha                               Resenha                                      Resenha
Resenha                                                                                   Resenha
    Não vou falar muito dos livros que li porque quero fazer as resenhas em breve. Esse mês eu tive alguns problemas técnicos e pessoais que me atrapalharam um pouco por aqui e confesso que estou um pouco desanimada. Então não vou comentar aqui para não enrolar e fazer os posts logo haha

    Só digo uma coisa: Como treinar seu dragão ganhou um lugar especial no meu coração <3

Mangás





Nesse mês peguei o segundo volume de Prophecy para ler e continuo curtindo a história. Quero fazer um post sobre cada volume ou um para a série toda no futuro, então não vou falar muito aqui, mas estou ansiosa pelo terceiro volume (que já comprei mas ainda não peguei para ler).







    Esse mês eu li a coleção Aishiteruze Baby, que tem 7 volumes, e posso dizer que me surpreendi. É a história de um adolescente que não tem muitas preocupações na vida, mas vive entrando em confusões com garotas, até que uma parente foge deixando a filha de 5 anos para trás e cabe a ele a responsabilidade de cuidar dela até a volta de sua mãe. O mangá aborda vários assuntos pertinentes mas também tem uma leveza e uma graça adoráveis.

    Alguém lembra de Full Moon - Sussurros sob a Lua Cheia, que foi resenhado aqui no blog? Lançaram mais dois volumes, Full Moon - Contos da Lua Cheia, novamente em dois volumes. Li o primeiro volume e pretendo ler o segundo em breve.


Dororo <3 Vem post por ai :)




Li Lúcifer e o martelo, volume 02, e posso dizer que ainda estou um pouco perdida. O mangá é muito engraçado, mas a história não tem pé nem cabeça haha
Continuo comprando e já estou com o volume 03 esperando por mim.




Quadrinhos



    O post das revistinhas de Julho (ed. 91) já está prontinho para ser publicado, mas acabei percebendo que não recebi as de Junho (ed. 90), já pedi que a editora as enviasse e estou esperando que cheguem, então vou esperar para lançar os posts na ordem certinha.
    
    Turma da Mônica Jovem 71 trouxe uma reflexão sobre relacionamentos, amor e auto estima. Já a 72 saiu totalmente da linha para mostrar Mônica e Maria encontrando um ídolo das duas. Às vezes essa falta de linearidade me cansa um pouco, mas estou esperando que algumas coisas se resolvam na história.

     A capa de Chico Bento Moço chocou muita gente, inclusive um amigo meu veio me perguntar se era verdade haha. Só digo uma coisa: leiam. Curti a história :)

    E vocês, leram muito esse mês? Não esqueçam de comentar, por favor, e boas leituras!

Maria Degolada, Santa Assombrada

"E se você quer mesmo ouvir a história da jovem Maria Francelina, eu té conto. 
Temo de medo, mas conto. Tremo de medo, mas conto. Sinto arrepio, e conto."



Autor: Caio Riter
Editora: Edelbra

Livro gentilmente cedido pela Editora Edelbra

    Maria é uma moça muito bonita. Bonita demais para o seu próprio bem. E que adora uma festa, uma dança, um flerte. Que ama um namoro. Mas sua história é maior que isso, e tem desdobramentos horríveis. Não posso falar muito, porque o livro é pequeno e não quero entregar, mas vou falar de algumas coisas.


   As ilustrações ajudam muito a criar um clima de história de terror. Sério, eu fiquei nervosa com algumas, que achei pesadas para crianças muito pequenas. As cores são bem fortes e claras e os desenhos contam a história muito bem.

       A história de Maria é pequena, mas forte, e tem um final interessante. Tem um tom de contador de histórias, com uma linguagem gostosa de ler. Traz um pouco daquele medo que tínhamos ao contar uma história de terror e vê-la aparecer na nossa frente, se tornar realidade.


    O acabamento do livro é maravilhoso, é capa dura, com verniz localizado, o papel é brilhoso e as cores são fortes e nítidas, mas sombrias e condizentes com o que é contado. Recomendo para uma leitura com os pais, deve ser muito legal ter alguém lendo esse livro para você e te ajudando a passar pelos sustos. 

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) CulturaSaraivaTravessa.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...