Boneco de Neve

"Já possuía algumas respostas, mas não todas. Nunca todas. Por exemplo: se maldade e loucura são duas coisas distintas ou se somos apenas nós que decidimos chamar de loucura tudo que está além daquilo que compreendemos como motivo para a destruição."


Autor: Jo Nesbø
Editora: Record

   Com a neve, várias coisas divertidas acontecem: guerra de bola de neve, escorregar de trenó, patinar em lagos congelados, fazer bonecos de neve. Entretanto, nem sempre ter um boneco de neve no seu quintal significa diversão.

   Uma mulher desaparece de sua casa misteriosamente, e a única pista é um estranho boneco de neve no seu quintal, que não foi feito por sua família. O detetive Harry Hole recebeu uma carta assinada por "Boneco de Neve" há alguns meses, mas não entendeu o que significava. Agora ele percebe que algo muito errado está acontecendo na Noruega.

    Está sendo muito difícil para mim falar desse livro aqui no blog, por dois motivos:
1 - grande parte das coisas não está na sinopse, e eu não quero dar spoiler;
2- eu gostei bastante da leitura.

   Esse livro faz parte de uma série, do detetive Harry Hole, é o sétimo volume. Por causa disso, eu percebi que perdi várias coisas na vida dele, mas não fiquei perdida na história. Ele é um profissional inteligente, mas com vários problemas pessoais (o que é comum nesse tipo de livro) e que fez um curso especializado em Psicopatas, e parece um pouco obcecado com esse assunto, o que acaba dificultando um pouco o seu trabalho. 

   Uma dica que eu posso dar para quem for ler esse livro é: não perca os detalhes. A trama é complexa e incrivelmente detalhada. Apesar de alguns furos e um personagem misterioso que não é explicado (acho que quem leu vai saber do que eu estou falando), a história é bem fechada. É interessante prestar atenção em tudo, para no final conseguir encaixar as peças desse quebra-cabeça.

   Os personagens, assim como a trama, tem várias camadas, e dão um nó na nossa cabeça se não tivermos cuidado. A história pessoal de vários deles é contada em alguns trechos e muitos são cativantes. Uma coisa que me distraiu e quebrou minha concentração foi os nomes destes e dos lugares. Nomes como Knut Müller, Arve Støp e Gunnar Hagen não me fazem lembrar quem são atualmente, e eu precisava muitas vezes ler umas duas linhas até me situar novamente.

   Quanto à comparação com Silêncio dos Inocentes que existe na contra-capa, nada posso dizer. Não li esse livro, mas concordo que Boneco de Neve é arrepiante e diabolicamente complexo. Em algumas partes eu não conhecia largar e em outras eu precisava fazer isso, respirar e colocar a cabeça no lugar. 

   Foi uma leitura muito boa, e que me deixou um dois dias pensando em um determinado trecho. Peguei sem expectativas, e não me arrependo. Recomendo para os que gostam de um bom suspense e uma trama complexa. Fiquei curiosa para ler a série desde o início, mas infelizmente não foram traduzidos para o português ainda, talvez me arrisque em inglês, até porque no original não dá :(

   Não esqueçam de comentar o que acharam, ou se pretendem ler, por favor! Se já leu e quer comentar algo, me mande uma mensagem pela página no Facebook ;)

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!

Ps: Esse livro é referente a Março no

Fogo

ATENÇÃO: Esse livro é destinado a um público adulto (maiores de 18 anos)
É o terceiro livro da série Breathless,
e contém detalhes da história do primeiro (Obsessão) e segundo livro (Delírio)

Autora: Maya Banks
Editora: Quinta Essência (Leya)

Ebook gentilmente cedido pela parceria: Leytoras

   Ash, junto com Jace e Gabe, comanda uma grande empresa. Por muito tempo, seus relacionamentos foram com mulheres divididas com Jace, mas este se encontra apaixonado, e esses dias acabaram. Ele entende que os amigos estejam totalmente imersos em suas paixões, mas se sente sozinho e deslocado. 

   Um dia, vê uma linda mulher em um parque, e ela mexe com ele. Mas Josie é uma mulher misteriosa, e parece estar envolvida com alguém. Ash então começa a ter uma ideia do que desnorteou seus amigos, e vai fazer de tudo para tê-la ao seu lado.

   O terceiro sócio, Ash, vem de uma família rica que é caracterizada como desprezível. Ele tenta ao máximo não ter contato com eles, e vive com sua própria renda (que não é pequena, diga-se de passagem). Descrito como o mais intenso e dominador dos três, Ash chama a atenção desde Delírio, quando roubou uma certa cena.

   Josie é uma artista sensível, que tem como principal atividade a pintura, mas sobrevive fazendo jóias que são vendidas em seu site. Uma novidade sobre a personagem: tem um relacionamento BDSM quando conhece Ash. E isso, claro, ajuda a despertar o interesse do principal.

   Ash é muito mais explosivo que Gabe e Jace, mas também tem mais cenas românticas e atenciosas com a personagem. Ele traz uma aura de amor que eu sentia falta em algumas partes dos outros livros. Ele protege com mais afinco, ama com mais paixão e age mais intensamente em algumas outras partes também.

"Nós somos inevitáveis, Josie. Desde aquele primeiro dia no parque, somos inevitáveis. Lutar contra isso é um desperdício de tempo e de energia mental. Não estou lutando contra isso e quero que faça o mesmo."

   Como no livro anterior, interagimos com os personagens que já gostamos, e temos alguns novos. Nesse livro conhecemos alguns membros da família de Ash e alguns detalhes que eram levemente mencionados nos outros volumes. Isso deu uma profundidade e um entendimento maior das atitudes dele.

   Gostei do modo como a trilogia foi fechada, só achei o final um pouquinho corrido. Gostei muito da personagem da Josie e do Ash. A única coisa que achei que poderia ser mais explorada é o BDSM. Os dois personagens gostavam e já conheciam a prática, mas acho que faltou um aprofundamento. 

   Novamente, o livro pode ser lido separado, mas é interessante ler os dois anteriores, já que o último volume traz o desfecho destes. Recomendo para aqueles que gostaram dos anteriores, tem curiosidade sobre o Ash (e tem mais de 18 anos).

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!


Maze Runner - Correr ou Morrer



Autor: James Dashner
Editora: V&R

   Você acorda em uma caixa escura, que se move para um lugar que você desconhece. Você não se lembra de detalhes da sua vida, só do seu nome, Thomas. E quando finalmente a caixa para de se mover, você está em um lugar que nunca viu, com um monte de meninos o encarando, com idades entre 12 e 17 anos. Como se isso tudo não fosse suficiente, algumas palavras que eles usam não fazem o menor sentido. Bem-vindo à Clareira.

    Estava para ler esse livro há muito tempo, mas peguei totalmente sem expectativa. A sinopse me interessou, mas li algumas coisas negativas sobre a série e acabei deixando para depois. Como está para sair o filme (na verdade sai em setembro, mas é nessas horas que mais rolam spoilers na internet), resolvi ler logo. E gostei.

    O livro começa de uma forma estranha. O personagem está confuso, amedrontado e irritado. O que gostei no autor é que ele conseguiu transparecer isso em vários momentos do livro sem precisar fazer o personagem falar ou pensar isso. Ele chega a um lugar estranho, com pessoas estranhas, lembrando de várias coisas mas sem lembrar detalhes, como o rosto e nome de seus pais, aonde mora, quem é, etc. A única coisa que sabe é seu nome, o que não ajuda muito.

   Na Clareira, os meninos tem algumas coisas como certas: uma vez por mês chega um menino e a caixa também traz suprimentos com alguma regularidade. O lugar onde vivem é cercado por um grande muro, com aberturas que se fecham à noite, e do lado de fora dele está o maior mistério: um labirinto.

   Thomas, ao chegar, age como uma pessoa normal, quer saber logo todas as informações possíveis, onde está, quem o colocou ali, por que, como vai sair, como funciona o lugar, etc. Mas, os meninos não tem todas as respostas, e muitas coisas eles guardam para falar depois, para não sobrecarregar o Fedelho (nome dado ao mais novo morador da Clareira :p).

    Uma coisa que me irritou foi a demora e a forma com que as informações chegavam. Um pouco do aprendizado de Thomas é jogado, e é passado para o leitor de uma forma estranha. O começo do livro, para mim, foi um pouco arrastado mas valeu a pena continuar porque o ritmo aumenta consideravelmente depois.

   Um tempo depois de Thomas chegar (um tempo beeem pequeno, para falar a verdade), chega uma novidade à Clareira, e tudo começa a mudar. Ele, que começava a se acostumar e conhecer a rotina dos meninos, rapidamente se envolve em várias tramas e tem que resolver problemas sem saber muito sobre eles.

   De uma forma geral, gostei do livro. O final não me agradou muito, mas me deixou curiosa para o segundo volume. É uma história com grande potencial e espero que consiga seguir e terminar muito bem. Não consegui largar o livro e fiquei ansiosa para saber o que aconteceria em várias partes.

   Para os que não leram ainda, cuidado quando entrarem em grupos de fãs ou lerem sites sobre o filme, para não pegarem spoilers. Quase peguei um em um trailer fan-made. E você, já leu? Ansiosa (o) pelo filme? Comentem ;)

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra)
Americanas, Cultura, Saraiva, Submarino, Travessa.

Compre aqui o box completo: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Cultura, SaraivaTravessa.

Boa leitura!

Lembra de mim?


Autora: Sophie Kinsella
Editora: Record

    Lexi acorda em um hospital. Sua última memória é de 2004, com 25 anos, aparência normal, problemas no trabalho e no namoro. Entretanto, o ano é 2007, e ela está parecendo uma modelo, chefe do seu departamento e ainda por cima, casada com um lindo milionário. Não consegue perder a sensação de sair de um pesadelo e entrar em um lindo sonho.

    Saindo do hospital Lexi tenta recuperar suas memórias e se acostumar a sua nova vida. Mas nem tudo parecer ser tão maravilhoso. Suas melhores amigas não falam mais com ela e parece que a odeiam, seu emprego está em risco e ela não sente nada pelo marido. Além disso tudo, um homem misterioso, que trabalha com seu marido, parece ser a chave para entender o que houve nesse período.

   Esse é o segundo livro que leio da autora, e me encantou tanto quanto o outro. Não costumo ler chick-lits mas esses dois conseguiram me conquistar. Lembra de mim tem um tom leve e bem-humorado mas consegue ser dramático e emocional nas partes certas. A história de Lexi tem suas partes mais pesadas, mas tudo consegue ser apresentado de forma tranquila.

   Esse livro lida muito com a questão de escolhas e como a nossa vida pode mudar radicalmente em pouco tempo. Lexi passa por uma situação muito difícil em 2004 e não entende o que aconteceu nesse período para que sua vida esteja como está. E mais do que a questão financeira, ela não entende algumas mudanças na sua personalidade e modo de vida, não consegue mais se reconhecer.

   Outra coisa que achei muito interessante é como a percepção que os outros tem de nós às vezes é muito diferente do que somos. Lexi tenta reestruturar sua vida através do que os outros contam a ela, e na medida que vamos lendo nós percebemos que algumas coisas não eram exatamente do jeito que falaram.

    A leitura foi extremamente agradável e me serviu para o que eu precisava: uma leitura para diversão. Estava lendo alguns livros mais pesados emocionalmente e precisava de alguma coisa leve para balancear. Gosto da escrita da autora e da forma com que apresenta suas personagens. Apesar de ser leve e bem-humorado, o livro não deixa de ser complexo e ter suas reflexões. Tenho mais um livro da autora guardado e estou ansiosa para ler mais obras dela. E vocês, já leram, gostaram?

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura! 

Turma da Mônica (edição 87 - Março 2014)



Editora: Panini Comics

   Não sei se vocês sabem, mas eu tenho três assinaturas na Panini: Turma da Mônica, Turma da Mônica Jovem e os almanaques. Além disso, eu compro a Chico Bento Moço separadamente. Eu já li as revistinhas lançadas esse mês, e gostaria de divulgá-las aqui. Leio a Turma da Mônica desde criança e era uma grande diversão para mim. Passei alguns anos sem lê-las, e em 2009 resolvi assinar essas revistinhas e redescobri esse amor.

   Essas são as edições 87 (de Março de 2014):

 Magali - O gato aspirador

Nessa edição, a história principal é da Magali com o Mingau (seu gato super fofo de estimação). O pai de Magali compra um aspirador ultra moderno e o felino acaba embarcando nessa novidade. Cheia de humor e, como sempre, nos deliciando com o fofo do Mingau, a história mostra a relação amorosa e às vezes conflituosa entre a família e o animal de estimação, junto com a alergia fortíssima que o pai de Magali tem ao gato.

Nessa edição também temos:
Uma história da Tina (Conteúdo é tudo), mais uma do Mingau <3 (Gato parado, gato sarado), uma do Astronauta (de nome Astronauta mesmo haha), uma da Magali (Esculturas com balões), uma do Piteco (Não sei pra que serve...), uma do Bidu (Espeta e Pinica), uma da Mônica, Magali e Tia Nena (O Fantasma do Relógio) e 3 tirinhas (duas da Magali e uma do Penadinho)


Cebolinha - Supercebolinha e Flocos, o cachorro atômico!

Graças à uma invenção do Franjinha, Cebolinha e Floquinho viram super heróis! E como os dois vão lidar com esses super poderes? Temos vários personagens participando dessa história e o final é inesperado e divertido!

Nessa edição também temos:
Uma história do Franjinha (Por que isso acontece?), uma da Turma do Penadinho (Na Lua), três do Cebolinha (Redecorando, Coceira e O Menino-Canguru), uma do Franjinha/Bidu (Pet Shop) e duas tirinhas (Astronauta e Cebolinha)






Cascão - Rotas Alternativas

Cebolinha descobre túneis embaixo da casa dos cachorros da rua, e junto com Cascão traça mais um plano infalível. Além de mostrar a bagunça dos meninos e a implicância com a Mônica, a história mostra alguns animais da vizinhança que eu não conhecia.

Nessa edição também temos:
Uma história do Do Contra (Uma ajuda do contra), uma dos meninos (Os três mosqueteiros do Limoeiro), três do Cascão (Os visitantes,  Uniformes e Salto Olímpico), uma do Penadinho (O Editor do Cemitério), uma do Chovinista (Ovos Mexidos *adoro quando tem história dele haha*) e duas tirinhas do Cascão.





Chico Bento - Pra você eu daria até a Lua

Como sempre, Chico Bento arruma confusão nos seus namoros com Rosinha, e dessa vez promete dar a Lua para ela. Será que ele vai conseguir? Como toda história dele, Chico Bento apronta e acaba resolvendo as coisas de um jeito divertido e inocente. Adoro quando os dois aparecem juntos, é um namoro tão fofo <3

Nessa edição também temos:
Uma história do Papa-Capim (Superbichos), uma da Turma da Mata (A festa no Céu *outro amor meu, essa turma <3*), uma do Zé Lelé (O treinador de pássaros), três do Chico Bento (Quem disse que adulto não pode se divertir?, Múltipla Escolha e Cuidado com a Onça!) e três tirinhas do Chico Bento.




Mônica - Correndo pro abraço

 Mônica faz aniversário e sai de casa esperando receber os parabéns de seus amigos, mas tem uma recepção diferente da que esperava e um encontro inesperado. Será seu aniversário lembrado e comemorado com ela deseja? Como sempre, a Mônica e sua turma mostrando a importância da amizade. Achei a história um pouco maluca, mas é muito divertida.

Nessa edição também temos:
Três histórias da Mônica (No Ritmo do meu coração, Que olhar é esse? e Apaga Tudo), uma do Bidu, uma da Turma do Penadinho,  uma da Mônica e Cebolinha (Pesinho Certo), três tirinhas (uma do Nicodemo e duas da Mônica).



   Gostei muito desse mês, e li todas no mesmo dia. Cada revistinha conta também com o que sempre tiveram: alguns anúncios, fotos enviadas por crianças que são fãs com alguma frase escrita por elas e os passatempos.
    Acho uma leitura maravilhosa tanto para crianças quanto para adultos (e já me perguntaram se minha filha estava gostando quando me ligaram para perguntar se as revistas estavam chegando e depois para renová-las, mas eu assino para mim mesma e depois passo para o meu pai rs). Para quem não quer assinar, essas revistas são vendidas avulsas nas bancas de jornais. Espero postar todo mês e espero que gostem. Comentem se gostaram e o que gostariam de ver sobre essas revistas, por favor :)
    E se compraram essas edições e gostariam de comentar alguma coisa podem me mandar mensagem através da página (para não dar spoilers para os leitores aqui).

Boa leitura!

Delírio

ATENÇÃO: Esse livro é destinado a um público adulto (maiores de 18 anos)
É o segundo livro da série Breathless, e contém detalhes da história do primeiro livro (Obsessão)


Autora: Maya Banks
Editora: Quinta Essência (Leya)

Ebook gentilmente cedido pela parceria: Leytoras

   Jace é um homem rico e muito poderoso. Junto com Ash e Gabe, ele lidera uma empresa de sucesso. A relação entre Jace e Ash entretanto, é diferente: os dois dividem tudo, inclusive as mulheres. Acostumado com isso, ele se surpreende ao ver Bethany. Ela faz surgir nele o desejo de nunca mais ter outra mulher, e muito menos dividi-la. Será que isso poderia colocar a amizade dos dois em risco?

   A história de Jace é diferente dos outros dois. Ele vem de uma origem pobre e se viu perdido na faculdade quando os pais morreram e deixaram ele e sua irmã Mia, na época com 12 anos, sozinhos. Ele então batalhou muito para construir sua riqueza e criar sua irmã da melhor maneira possível, com o apoio de Gabe e Ash, seus amigos na época da faculdade e sua família no presente.

   Quando, em uma noite, Jace vê Bethany, uma mulher que está trabalhando em um evento, ele sabe que ela é diferente, e um sentimento nunca sentido aparece. Entretanto, nem sempre as coisas são tão fáceis. Bethany tem um passado turbulento e cheio de cicatrizes, e um presente caótico. Ela é totalmente diferente do mundo que ele está acostumado.

   Em alguns momentos, duvidei da veracidade dessa situação. Alguns aspectos descritos da vida de Bethany não batem com algumas características que ela possui. Entretanto, a relação dos dois é construída de uma maneira que me fez ignorar isso. As cenas dos dois juntos são muito bonitas, e a autora conseguiu melhorar muito a descrição (e os diálogos) nas partes mais picantes.

   Achei o enredo muito mais convincente que o do livro anterior também, e Jace é realmente cativante. Toda a sua história e seu modo de agir fazem com que simpatizemos e torcemos por ele. O que, vamos combinar, ajuda muito a gostar da história.

   Senti uma evolução da autora nesse livro, e fiquei muito feliz com isso. Além disso, convivemos com algumas personagens de Obsessão que já gostávamos. Até Gabe me pareceu um pouco mais simpático nesse livro, e Mia continua adorável. Ash aparece mais nessa história, e fiquei curiosa para saber o que seria dele no próximo volume. O desfecho do livro me agradou bastante também. 

   Como é uma história de um personagem diferente, esse livro pode ser lido sem a leitura do anterior, mas não recomendo para quem gosta de acompanhar a história geral, pois esse volume traz detalhes do desfecho do primeiro. Recomendo para aqueles que gostaram do primeiro livro ou estão curiosos sobre os dois outros homens misteriosos desse trio (e para aqueles que tem mais de 18 anos).

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!

Traição em Família

"Era do tipo que sempre se dava o tempo necessário para pensar bem nas coisas. Hoje em dia quase mais ninguém fazia isso (...). Todo mundo queria tudo para ontem. E por causa dessa impaciência, as respostas a que chegavam geralmente estavam erradas."


Autor: David Baldacci
Editora: Arqueiro

   Sean King e Michelle Maxwell são investigadores particulares. Contatados por Pam Dutton, vão à sua casa à noite para saber por que ela queria contratá-los. Entretanto, tudo o que encontram é uma grande tragédia: Pam está morta, seu marido e dois filhos desacordados, e sua filha mais velha, Willa, desapareceu.

   Willa, que acabara de completar 12 anos nesse mesmo dia, é também sobrinha da primeira-dama dos EUA, Jane Cox. Com isso, o FBI e o Serviço Secreto se envolvem no caso, mas a pedido da Sra. Cox, Sean e Michelle também investigam o que houve. Entretanto, o motivo do sequestro não é claro, e conforme vão investigando, vários segredos e tramas perigosas aparecem, e eles tem de fazer de tudo para achar a menina, até mesmo contrariar a esposa do Presidente.

   Encontrei esse livro em promoção no Submarino e fiquei muito interessada pela sinopse. Não costumo ler muitos suspenses, mas gosto de uma trama surpreendente e intrigante. Alguns segredos e movimentos da história são revelados logo no início, e algumas coisas eu consegui descobrir no começo também, mas o conflito final se fechou de uma maneira que eu com certeza não esperava.

   Infelizmente, esse é o quarto livro dos investigadores e eu queria ler os anteriores antes deste volume, mas acabei escolhendo-o para o Desafio Literário Skoob 2014, e estava tão curiosa que não consegui esperar. Perdi alguma história passada dos dois, mas algumas coisas foram contadas durante o livro e não me senti muito perdida. Notamos uma forte ligação e parceria entre os dois, o que me faz pensar se no primeiro livro isso já começou assim ou se desenvolveu nos anteriores. 

   Sean e Michelle são personagens inteligentes e que se complementam, mas que tem habilidades muito parecidas. Nesse livro vemos o passado dela, e nenhum dele. Isso porque (não é spoiler, está na orelha) a mãe de Michelle é assassinada nesse volume, e isso se torna uma pequena investigação dentro do tema principal. Com isso temos acesso à família dela e algumas coisas anteriores na sua vida.

   Gostei muito da escrita do autor, e fiquei realmente surpresa com várias coisas que aconteceram. A revelação de algumas coisas importantes no começo geralmente me incomodam um pouco, mas nesse livro conseguiu se encaixar muito bem e se tornou agradável. Além da investigação temos vislumbres também sobre como funciona o Serviço Secreto e a Casa Branca, mas não sei se correspondem à realidade.

   Não posso falar muito sem soltar spoiler mas o final fecha bem a história e é coerente com os personagens. O livro toca muito no tema vida pessoal / vida política, ética e lealdade, e explora esses temas muito bem. Recomendo àqueles que gostam de um bom suspense e um bom desfecho. 

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Saraiva, Submarino, Travessa.

Ps: Esse livro é referente a Março no

Boa leitura!

Minhas Assombrações


Autora: Angela-Lago
Editora: Edelbra

Livro gentilmente cedido pela Editora Edelbra

   Este é um livro de contos pequenos, composto por três: A Boazinha, A Invejosa e A Ciumenta. São contos com um toque de terror ou sobrenatural, contos simples, mas que graças à diagramação me chamaram muito a atenção, por isso vou dar especial atenção à ela neste post.


   Em A Boazinha conhecemos uma mulher que não suporta ver meninos chorando, e que quer muito consolá-los. Infelizmente, este consolo nem sempre vem na forma que se espera. 


    Em A Invejosa, uma morta se ressente dos presentes em seu funeral, que não lhe dão a devida atenção. A história é contada com a ajuda de várias imagens, algumas com “efeitos” que ilustram o que a personagem quer dizer.




   Em A Ciumenta conhecemos uma mulher que foi apaixonada por um homem com quem não pôde se casar, e como isso a afeta tempos depois.


   O livro é bem pequeno mas traz ilustrações muito bem-feitas e condizentes com as histórias. 


    Gostei dos contos, mas como disse, gostei mais ainda da forma como as ilustrações foram usadas para dar vida a eles. São pequenas histórias “assombradas” mas que podem ser lidas por crianças tranquilamente. Recomendo àqueles que gostam de contos e histórias com sobrenatural. Para informações técnicas confiram o site da Editora.

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Cultura, Travessa.
ou na Loja da Editora.

Boa leitura!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...