Razão e Sensibilidade


Autora: Jane Austen

   A família Dashwood vive confortavelmente em uma propriedade herdada de um parente. O filho mais velho do primeiro casamento mora com a esposa em outro lugar, mas seu pai, sua segunda esposa e três filhas, Elinor, Marianne e Margaret, vivem felizes em Norland Park, Sussex. Entretanto, a herança estava vinculada ao filho mais velho, deixada por um cavalheiro parente deles.
   
   Quando o pai da família morre, a sorte das Dashwood muda. Apesar de prometer ajudar as irmãs no leito de morte do pai, John Dashwood, que além de ter um caráter avarento e egoísta, é incentivado por sua esposa, Fanny, a não ajudar muito, para não diminuir a herança do filho. Com isso, as irmãs e sua mãe se veem sem renda fixa e morando de favor na casa que era delas.

   Conseguem então um chalé com aluguel irrisório em Devonshire, longe da casa em que viviam, através de um parente da mãe, e para lá se mudam. E é nesse cenário que as aventuras começam. Conhecendo seus novos vizinhos e seus amigos, as imãs se envolvem em relacionamentos muitas vezes dificultados por diferenças sociais, avarezas e pobreza de espíritos, como tão bem descreve a autora.

   As três irmãs tem personalidades muito diferentes, e não conhecemos muito a mais nova, Margaret, que tem treze anos na narrativa. Elinor, de dezenove anos, é descrita como uma jovem sensata, razoável e serena. Marianne, por outro lado, é parecida com a mãe, sensata e inteligente, mas ao mesmo tempo, ansiosa e extremamente sensível, e muitas vezes imprudente. O que podemos perceber nas duas é um bom coração e desprezo pelas falsidades que viam nos relacionamentos de conhecidos.

   A leitura é bastante densa, e precisava me concentrar para conseguir visualizar as cenas. O livro é muito bem detalhado, e alguns desses detalhes acabaram me dificultando um pouco, pois eram coisas de época que não existem mais (como, por exemplo, o que fazia de uma casa um lugar refinado, como localização dos parques e jardinagem) e por desconhecer o local onde a história se passa. Não sou muito boa em visualizar espaços.

   Entretanto, foi um livro que me agradou muito. Conheci Jane Austen através do filme Orgulho e Preconceito (que traz o Darcy mais adorável de adaptações que vi até agora <3) e fiquei encantada com sua escrita. Existe uma perspicácia e inteligência crítica aos modos da época que atraem muito. Fico imaginando como seus livros foram recebidos em sua publicação.

   Alguns aspectos na história me surpreenderam, e não quero falar neles para não estragar a surpresa de vocês, mas recomendo muito a leitura. Não é um livro fácil de ler, principalmente por muitas vezes trazer atitudes que, hoje em dia, não podemos entender, mas várias delas vemos no presente ainda, infelizmente. A avareza, preconceito e ganância muitas vezes impedem a felicidade de muitos. 

   E você, já leu? Pretende ler? Não esqueça de comentar, e boa leitura! 

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra)

Ps: Esse livro foi a segunda opção de Fevereiro no

Lost Boys [Extras]


   Para a semana Lost Boys, estava pensando em o que mais poderia postar e estava sem ideias. Mas, como vocês sabem, ao listar as resenhas por autor, eu procuro o site oficial para colocar no nome dos escritores. Foi assim que conheci o blog da autora, Lilian Carmine, e vi uns extras sobre o livro que gostaria de compartilhar com vocês <3

   Todo o material abaixo foi encontrado no site e o crédito é dele. Apenas coloquei o nome dos capítulos para os do livro em português e peguei os links para mostrar para vocês :)

Playlist de Lost Boys (clique aqui para acessar a publicação original)

   Eu não faço playlists nem penso muito no que vou ouvir na hora de ler, mas gosto muito de acompanhar a leitura com uma boa música. Geralmente escolho um artista que gosto e deixo as músicas tocando no fone de ouvido. Mas, me encantei por essa playlist (que foi montada pela autora). Algumas músicas eu já conhecia, outras ouvi pela primeira vez. Fiquei com uma grande vontade de reler tudo com essa trilha sonora <3

Capítulo 01: Flores Para os Mortos
I want to buy flowers - Emilie Simon

Capítulo 02: Olhos Cinzentos
Grey Blue Eyes - Dave Matthews Band

Capítulo 03: Extraordinário!
Somewhere only we know - Keane
Capítulo 04: Um Presente Especial
99 Red Balloons - Nena
Capítulo 05: Promessa
The Promise - Tracy Chapman
Capítulo 08: Compromisso
Sparks - Coldplay
Capítulo 09: Contos do Passado
Wandering Spirit - Mick Jagger
Capítulo 10: Desvanecendo em Cinza
Fade to Grey - Nouvelle Vague
Capítulo 11: Uma Luz no Fim do Túnel
Price Tag - Jesse j (cover por Maddi Jane)
Capítulo 12: A Vingança 
Who’s laughing now - Jessie J
Capítulo 13: Conversas, Telefonemas e Melhores Amigos
You really got a hold on me - The Beatles (cover)
Capítulo 14: Presente de Aniversário
17 - Kings of Leon
Capítulo 15: Modos Encantadores
Falling - Florence&The Machine
Capítulo 18: Ligados pelo Feitiço
Hear You Me - Jimmy Eat World
Capítulo 19: A Aposta
Letter Red - Rachael Yamagata
Capítulo 20: O Terraço Secreto
Kiss me - Jason Walker
Capítulo 22: Sob Pressão
Under Pressure - Queen
Capítulo 23: A Síndrome do Patinho Feio
This Girl - Laza Morgan
Capítulo 24: O Baile da Primavera
Bloodstream - Stateless
Capítulo 26: O Plano
Sexy Silk - Jessica Cornish
Capítulo 27: Que Comece o Jogo!
POV - McFly
Capítulo 28: Pôquer
Try - PINK!
On Fire - Switchfoot
Capítulo 30: Segredo Revelado
Come on, Come out - A Fine Frenzy
Capítulo 31: Em Busca da Morte
Wayfaring Stranger - Ed Sheeran
Capítulo 32: Como Terminar um Namoro
I’m not over you yet - Carolina Liar
Capítulo 33: Sob a Luz de Velas
Josephine - The Wallflowers
Capítulo 35: Formatura 
Falling in Love - McFly
Capítulo 37: Heroína
Stood Up - A Fine Frenzy
Capítulo 38: Espírito Natalino a Todo o Vapor!
Christmas Lights - Coldplay
Capítulo 39: Uma Questão de Tempo
Yet - Switchfoot
The Weight of Us - Sanders Bohlke
Fim
Song credits: Last Song - McFly
Ailve - Adelitas Way


Capítulo extra: A Caminhada da Gemada *Capítulo extra no e-book*
Do it like a Dude - Jessie J

Capítulo extra: O Prêmio de Harry *Capítulo extra no e-book*
Not Alone - McFly
    Ouça a playlist que a autora montou no youtube clicando aqui. Como posso não amar uma playlist com Coldplay, The Script, Switchfoot e outros que gosto tanto? Uma coisa que observei foi que algumas músicas não estão disponíveis na playlist do youtube, pois os vídeos foram excluídos, sendo assim, vou deixar o link dos vídeos em cada música acima. As músicas dos capítulos extras estavam mais acima, entre alguns capítulos, mas coloquei no final porque foi assim que os contos foram colocados no e-book nacional.
   Além disso, no blog (clique aqui para acessar a publicação original) encontramos dois links para o Wattpad com o seguinte conteúdo (em inglês):

(intermediary story between book 2 and 3 of the trilogy)*
Synopsis: If only a tea party full of old witches was the only thing Joe Gray had to worry about in that peaceful afternoon. But trouble is always nipping at the girl’s heels, and Joey soon  finds herself in another magical adventure, getting in the midst of a misfit bunch of Rebel boys and falling in love all over again!

Short Stories, Interviews, articles, TLB song lyrics, pics, contests and announcements from The Lost Boys and TLB related news!

   Infelizmente não vou poder ler Joey & The Rebels até que o segundo seja lançado, mas vou navegar pelo segundo link em breve. Espero que gostem dessas informações e curtam as músicas! Deixem nos comentários o que acharam :)

Compre o livro aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!

Lost Boys

"- Então, Joe... - ele começou. - A sua mãe até agora não suspeitou de que você não é de fato um menino?
- E a sua por acaso não suspeitou de que você não é na verdade um cavaleiro do século XII? - rebati."


Autora: Lilian Carmine
Editora: Leya

Ebook gentilmente cedido pela parceria: Leytoras

   Joe Gray (isso mesmo, Joe, um nome masculino) acaba de se mudar para Esperanza, uma pequena cidade, com sua mãe. Um dia ela sai para comprar mantimentos e acaba no cemitério da cidade, ajudando a sua vizinha idosa. Acabada a tarefa, Joe resolve passear e acaba se perdendo. É ai que começa a nossa história.

   Sem saber como sair dali, ela acaba encontrando Tristan, um jovem antiquado e misterioso, que tem várias atitudes que a confundem. Entretanto, Joe se encanta por ele e passa várias tardes em sua companhia. Mas Tristan tem um segredo que pode mudar tudo que ela conhece. Será que esse amor terá uma chance?

   Confesso que a premissa não me agradou muito. Vi em alguns lugares que era comparável à Crepúsculo, e apesar de ter gostado da saga há alguns anos, acho que não me agradaria atualmente. Mas, a autora e a trama conseguiram me surpreender e me atrair. E não tem nada a ver com Crepúsculo.

   Joe é uma adolescente normal. Gosta de música, de filmes, de se vestir confortavelmente. Mas ela sempre teve problemas em fazer amigos, e espera que a mudança seja uma segunda chance para ela. Mas, ao contrário de muitas personagens que vemos por ai em livros para jovens, Joe tem personalidade. Ela é engraçada, teimosa e vai atrás do que quer. E o melhor: ela sofre por amor, mas não vive disso. 

   Tristan por outro lado, tem aquele lado que todas queremos em livros: gentil, amoroso, carinhoso. Apesar de ter começado como um personagem muito misterioso, ao longo do livro conhecemos melhor seus sentimentos e novamente, ele tem falhas! E falhas, adivinhem, justificáveis. Achei que algumas atitudes dele poderiam ser evitadas, mas nenhuma foi tão estranha que pudesse trazer irrealidade ao personagem.

   Mas o livro não é construído somente pelos personagens principais! Temos adoráveis e verdadeiros personagens secundários! A mãe de Joe, os meninos e meninas que ela conhece no colégio, todos eles fazem com que a história encante cada vez mais. Em alguns deles, fiquei com vontade de saber mais, de ter histórias separadas para ler. Em alguns momentos me peguei rindo, chorando e torcendo.

  Posso criticar duas coisas no livro: o arranjo que se faz com Tristan (quem ler vai entender), que achei que poderia ser diferente, e o fato de que algumas coisas sobre Joe não foram mais explicadas. Espero ver mais disso no segundo livro. Isso mesmo, é uma série! E já estou ansiosa para o lançamento do próximo :)

   Como resumo geral, digo o seguinte: é um livro para um público jovem, então não esperem outro tipo de leitura. É um livro encantador, que conseguiu prender minha atenção. Recomendo para aqueles que querem aquela leitura relaxante e prazerosa. Foi um livro rápido de ler, li 413 páginas em um dia só. E vocês, já leram? Deixem os comentários abaixo!

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) AmericanasCulturaFnacSaraivaSubmarinoTravessa.

Boa leitura!


O Morro dos Ventos Uivantes

"Seja qual for a matéria de que as nossas almas são feitas, a minha e a dele são iguais, e a do Linton é tão diferente delas como um raio de lua de um relâmpago, ou a geada do fogo."


Autora: Emily Brontë
Editora: Lua de Papel (Leya)

   Um dia o sr. Earnshaw, pai de Hindley e Catherine, volta de uma viagem com um magro menino à tiracolo que vagava pela cidade, e o traz para casa para ser lá ser criado, o nomeando Heathcliff. Ele acaba se afeiçoando muito ao menino, que fez logo amizade com Catherine. Mas, nem tudo vai bem, e graças ao seu forte gênio e orgulho acaba fazendo grande inimizade com Hindley e os criados da casa. Hindley, se sentindo preterido em relação a Heathcliff, maltrata muito o menino.

   Poucos anos depois, o pai morre, e Hindley, que estudava fora, retorna ao lar. Com isso, a posição de Heathcliff, de menino sendo educado e brincando de igual para igual com Catherine, cai para um simples trabalhador da casa, com a educação sendo cortada. Separados por Hindley e pelo orgulho dos dois, Heathcliff e Catherine se afastam cada vez mais. E a amizade e amor de infância se transformam em obsessão, mágoa e vingança na vida adulta.

   Meu primeiro pensamento para esse livro: não é um romance, não no sentido romântico. Consegui duas citações extremamente românticas, mas esse não é o foco. Heathcliff e Catherine são pessoas de mau gênio, e de certa forma, cruéis. Zombam das pessoas que, diferentes deles, são gentis e corteses, não se mostram muito educados e tem um orgulho gigantesco. Não consegui achar nenhuma característica agradável neles, infelizmente. 

   A amizade dos dois é imensa, na infância, mas conforme eles vão crescendo as diferenças acabam separando-os. Heathcliff é rebaixado em casa, e Catherine se interessa mais em agir como uma dama para os outros do que a moleca que sempre foi. Isso tudo, juntando o interesse do vizinho por ela, acaba fomentando uma catástrofe.

   O livro lida muito com as questões sociais (a criança pobre que acaba não sendo educada e trabalhando nos estábulos, o casamento entre famílias visando a união de bens e ascensão social), e de certa forma também com o preconceito. Heathcliff foi tratado mal desde o começo graças ao fato de não ter origem e, por que não, por ser arredio e defensivo. Desconheciam seu sobrenome, seus parentes, suas posses. Se fosse o órfão de uma família com dinheiro, seria tratado diferentemente.

   Catherine, por outro lado, é uma criança normal, que gosta de explorar, pregar peças, se divertir. Mas como futura dama, é punida por essas coisas. E por outro lado, é mimada, o que a torna insuportável com as pessoas. Não pude deixar de pensar que num mundo atual, o amor deles seria mais que possível, e eles possivelmente seriam pessoas melhores.

   Gostei muito da escrita, mas não é um livro fácil de ler. Se alguém falasse comigo, eu me perdia na frase e precisava recomeçar. É uma leitura profunda, complexa, para se ler com atenção. Infelizmente comprei uma edição sem orelhas, mas pelo menos as páginas eram amareladas e a fonte confortável. De um modo geral gostei do livro, e indico para aqueles que gostam de uma leitura "histórica", pois o livro se passa em 1801, com flashbacks do passado.

   Para quem não sabe, a autora morreu em 1848, de tuberculose. "O Morro dos Ventos Uivantes" foi seu único romance publicado, com o pseudônimo Ellis Bell. O livro pode ser encontrado de graça, em inglês, no Domínio Público.

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino.

Esse livro fez parte do Desafio Literário Skoob 2014,
no mês de Fevereiro.

Boa leitura!

Terra dos Sonhos

ATENÇÃO: Esse é o terceiro livro da série Riley Bloom, o primeiro é Radiante. Esse post contém spoilers dos livros anteriores.


Autora: Alyson Noël
Editora: Intrínseca

   Rilley consegue mais uma vez cumprir uma missão, que dessa vez foi inesperada. Mas por um lado, ela esteve bem perto de falhar. Acaba entrando em um momento de descanso, enquanto espera que sua próxima missão lhe seja designada. E é aí que percebe que sua pós vida não é muito boa. Apesar de ser uma ótima Apanhadora, Riley não construiu nada em Aqui. Não tem amigos e sua família tem sua própria vida. E ela ainda sofre com o desejo de crescer.

   Em uma visita ao Observatório, um lugar onde se pode visualizar entes queridos que estão vivos, ela descobre que existe um lugar chamando Terra dos Sonhos, onde ela pode visitar o sonho de alguém e realmente conversar com essa pessoa. Entretanto, não é tão fácil quanto parece, e durante sua visita, Riley descobre que há coisas sobre Aqui que ela desconhece.

   Riley consegue dar um passo para trás nesse livro. Mas novamente, achei compatível. Seria estranho uma personagem imatura e impulsiva conseguir se estabilizar tão rápido. Ela quer mais do que tudo falar com sua irmã, Ever, e conseguir alguns conselhos sobre como crescer e como se comportar diante de algumas situações.

   Nesse livro temos uma visão mais ampla de Aqui e percebemos que apesar de ter atravessado a ponte, as pessoas ainda tem direito ao livre arbítrio. Riley acaba descobrindo mais coisas sobre si mesma e sobre como seu comportamento acaba às vezes atrapalhando o que ela mais quer, ao invés de contribuir. 

   Esse livro foi um ponto maior de reflexão do que os outros dois, e com o andamento um pouco mais lento também, mas foi uma leitura muito boa. Senti que Riley melhorou mais um pouco no final.

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!

Obsessão

ATENÇÃO: Esse livro é destinado a um público adulto (maiores de 18 anos)


Autora: Maya Banks
Editora: Quinta Essência (Leya)

Ebook gentilmente cedido pela parceria: Leytoras

   Mia sonhou com ele grande parte da adolescência e com 24 anos, ainda fica ansiosa em sua presença. Gabe, um homem rico e poderoso, é sua paixão de infância e seu desejo proibido. Junto com Ash e Jace, ele lidera uma empresa dona de vários hotéis de luxo. Ricos, poderosos e solteiros, os três não mantém um relacionamento estável.

   Jace, um dos sócios de Gabe, é também seu melhor amigo e irmão de Mia. Em uma festa à noite, Mia se arruma para surpreender Jace, mas chega tarde demais, ele e Ash já tinham ido. Acaba encontrando Gabe, que fica pasmo com sua beleza. Cruzando a linha de se envolver com a irmã mais nova de seu melhor amigo, e correndo o risco de perder essa amizade e ter problemas nos negócios, Gabe não consegue mais resistir a um desejo que sentia há muito tempo.

   Gabe é o típico homem poderoso dos livros: rico, charmoso, lindo de morrer, super em forma e acostumado a conseguir tudo o que quer. Se envolve com lindas mulheres, em seus termos, e não se prende à nenhuma. Mia, pelo contrário, é uma jovem mulher que vive uma vida simples. Tem suas amigas, terminou a faculdade e está trabalhando em um lugar pequeno enquanto decide o que faz da vida. Mas por baixo de isso tudo, existe um desejo por Gabe, que cresceu ao longo dos anos.
   
   Então gente, eu nunca havia lido nada classificado como "Erótico". Já li alguns romances de bancas, mas tenho receio com esse tipo de livro. Mia é uma personagem sólida, uma mulher que sabe o que quer, e arrisca para conseguir. Não é enganada nem seduzida para entrar em um claro acordo com Gabe. Sua maior preocupação é com Jace, que é seu irmão e seu pilar na vida.
   
   Gabe, por outro lado, é um homem que consegue o que quer, e tem um quê de dominador. Quer saber o tempo todo onde sua companhia está, e que ela esteja disponível quando ele queira. Não simpatizei muito com o personagem, mas ele tem um lado mais complexo. Apesar de deixar claro que sua dominação não é uma perversão, o personagem tem alguma complexidades ligadas ao passado. Sua obsessão por Mia é forte e bem definida na história.

   O livro intercala cenas cotidianas com cenas de sexo (que são extremamente explícitas, o que no final das contas é o objetivo), mas eu senti um toque sexual em algumas cenas que não continham sexo, como uma preparação para chegar lá. Não gostei do conflito central do livro. Não achei o comportamento de Gabe compatível com sua caracterização e por isso, não achei convincente. Gostei muito mais do conflito final. Outra coisa que me incomodou foi em relação aos diálogos na hora do sexo, alguns deles quebraram o clima que estava sendo criado.

   De uma forma geral, foi uma leitura rápida, e o enredo até é interessante. Mia é uma personagem determinada e forte e alguns dos personagens secundários me chamaram atenção. Jace foi com certeza um desses casos, que me fez querer ler o segundo livro (que se centra nele). Recomendo para aqueles que queiram uma leitura mais picante (e que tenham mais de 18 anos).

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!   

[PROMOÇÃO] Sincerando: Um ano!!!

 

Oi pessoal!

   O blog completou um ano em Janeiro (17/01)! Clap, clap, clap :D

   E quem acha que eu deixei passar em branco, se engana! Já no mês passado, tivemos a mudança do layout, e agora, quero comemorar com vocês essa data! Quero agradecer a todos por acompanharem o blog nesse período (e nos anos por vir, espero ;)), por todos os comentários enviados e pela confiança e tempo de vocês.

   O Sincerando se junta aos blogs: Beletristas, Equalize da Leitura, Este Já Li, Tagarelando, e as editoras: LeYtoras, Edelbra e Caligo para sortear 11 livros para vocês! Os livros são:

Sincerando: Um Dia, de David Nicholls (Skoob, Resenha) e Ratos, de Gordon Reece (Skoob,                                         Resenha)
Beletristas: Karma Club, de Jessica Brody (Skoob)
Caligo Editora: Antologia de Contos Fantásticos (Skoob, Resenha)
Editora Edelbra: Não atravesso a rua sozinho (Skoob) e Te pego na saída (Skoob) (de Fabrício                                       Carpinejar)
Equalize da Leitura: Por toda a eternidade, de Kristin Hannah (Skoob) e Dias Melhores Virão, de                                     Jennifer Weiner (Skoob)
Este Já Li: De Coração para Coração, de Lurlene McDaniel (Skoob)
LeYtoras: Sonhos, de Alyson Noël (Skoob)
Tagarelando: Simplesmente Ana, de Marina Carvalho (Skoob, Resenha)







   A promoção começa hoje (17/02) e vai até dia 17/03. Não esqueçam de cumprir as entradas obrigatórias e conferir as regras em "Terms and Conditions", no formulário. Boa sorte!

a Rafflecopter giveaway

ATUALIZAÇÃO [24/03/2014]

Pessoal, saiu o resultado do sorteio de um ano!

Infelizmente a primeira vencedora foi desqualificada por não curtir as páginas obrigatórias, e tive que sortear de novo.

Mas, a segunda vencedora está qualificadíssima, curtiu todas as páginas! Parabéns, Giovana!

Obrigada a todos que participaram e não deixem de tentar de novo na próxima! :)

Boa leitura!


Read-a-Thon: Tema Livre [Resultado Final]

Créditos à página do Facebook do Read-a-Thon Br

   Acabou o Read-a-Thon! Vim aqui dizer para vocês como foi, o que li. Esses dias foram corridos, mas para mim, foram muito proveitosos. 

09/02 - Li 413 páginas (terminei Lost Boys). Em quantidade de páginas foi o dia em que mais li.
10/02 - Li 78 páginas de "Antologia de Contos Fantásticos", da Editora Caligo
11/02 - Li 41 páginas da mesma Antologia
12/02 - Li 33 páginas da mesma Antologia. Nesse dia também, fui convidada para ser leitora beta de     um livro que não saiu ainda, e do qual não posso falar. Li 103 páginas dele. Total: 136 páginas lidas.
13/02 - Terminei o livro que tinha começado (segredo), que contaram com mais 103 páginas. Além disso, li 161 páginas da Antologia. Total: 264 páginas lidas.
14/02 - Terminei a Antologia, lendo 103 páginas. Comecei "A Menina que Roubava Livros", lendo 16 páginas. Total: 119 páginas lidas.
15/02 - Li 138 páginas de "A Menina que Roubava Livros", mas infelizmente não consegui terminar. Pretendo terminar a releitura essa semana ainda.

No final, terminei os seguintes livros:

Resenha aqui
Resenha aqui




















    E cheguei no seguinte total de páginas lidas: 1.189!
    Meta original: 893 páginas!

   Consegui ler mais do que esperava, apesar de não terminar um dos livros da meta. Mas sinceramente? Estou orgulhosa de mim mesma, li dois livros que gostei muito e o melhor de tudo, tive uma ótima semana literária. Esse é o meu maior objetivo participando desses desafios. Não adianta se superar e ler bastante se você não curtiu a leitura, não é?

   E vocês que participaram, como foram? Conseguiram cumprir suas metas, se divertiram? Espero que sim :)

Boa leitura!

“!” – Antologia de Contos Fantásticos


Editora: Caligo

Livro gentilmente cedido pela parceria com a Caligo Editora

   Trinta e quatro contos, dois para cada autor participante, alguns contos maiores, outros ocupando menos páginas, mas que conseguiram me encantar. Discordei do final de um, amei mais uns poucos, mas terminei o livro com aquela combinação de triste sensação de quero mais com a satisfação de um bom livro lido.

    Confesso que não costumo ler contos. É difícil para mim o conceito de ficar sem uma resposta, sem uma conclusão, e normalmente eu me sinto frustrada com esse tipo de leitura. Entretanto, esses escritores e essa antologia mudaram isso em mim. De alguma maneira, mesmos os mais curtos, esses contos conseguiram me conquistar. 

   Demorei quatro dias para ler esse livro. Entre trabalho, blog, vida pessoal e esse calor que tem feito, tenho lido bem pouco. Entretanto, quando começava um conto eu me prendia até terminar. Alguns, me deixaram tão fora de órbita no final que acabei precisando parar para respirar e pensar sobre o que tinha lido. Por outro lado também, acredito que posterguei um pouco a leitura para que não acabasse logo.

    A orelha do livro e o título cumpriram suas promessas: são contos fantásticos, que abrem a mente para várias possibilidades e nos tiram da zona de conforto. Alguns me fizeram sentir incomodada, outros com uma sensação nostálgica, senti tristeza, alegria, angústia e, porque não, amor. 

    Fazer uma resenha, um post sobre um livro de contos é para mim um desafio, pois como vou juntar 34 textos diferentes e passar minha opinião? Pensei em destacar aqui os meus contos favoritos, mas todos me tocaram de alguma maneira. Como escolher? Acabei preferindo não fazer isso, mas uma coisa posso garantir: leria todos de novo. 

   Falando sobre a edição física, estou maravilhada. O acabamento do livro é muito bem feito. A letra é grande e confortável, os contos são separados de forma muito clara e o papel tem aquele lindo tom creme que todos amamos e que os olhos agradecem. O capricho da editora não deixou nada a desejar e além de ter um ótimo conteúdo, traz uma ótima forma.



   Recomendo o livro àqueles que tem amor aos contos e à literatura fantástica (que confesso, não sou muito familiarizada, mas se for tão maravilhosa quanto esse livro, estou conquistada), mas também indico àqueles que como eu, tem (agora tinha :P) resistência à esse tipo de leitura. 

   Para saber mais sobre o livro e comprá-lo, acessem o site da Caligo Editora.

Boa leitura!

Bloglovin'


     Vim hoje falar de uma ferramenta muito útil para quem acompanha vários blogs. Confesso que eu tenho problemas em gerenciar os blogs que visito para ver as novidades durante a semana, e acabo perdendo alguns posts. Mas, através de um grupo que participo, fui apresentada ao BlogLovin', e estou gostando muito!

    Ele é um site muito fácil de mexer e com um visual bem simples. O básico é: você se cadastra e procura ou cadastra os blogs que quer seguir. Como blogueiro(a) você pode vincular seu nome ao seu blog, e acompanhar quantas pessoas seguem, se curtiram alguma publicação sua. Além de seguir blogs você também pode seguir seus amigos e acompanhar o que eles curtem.

   Tive algumas dificuldades no site, mas nada que me fizesse desistir dele. Alguns blogs eu achei com página duplicada e tive que escolher qual seria a "oficial", o que ajudou foi o fato de geralmente as duplicadas não traziam o post mais atual, então eu escolhia a mais atualizada. Outra coisa foi que teve um blog específico que não consegui adicionar. 

Página do Sincerando no BlogLovin'

   As publicações do blog aparecem automaticamente e praticamente instantaneamente no BlogLovin', então fico tranquila que isso aconteça com os blogs que sigo também. 


Página de Posts não lidos (My Feed)

   Na página "My Feed" eu tenho acesso aos posts não lidos e a lista de blogs que sigo. Essa é a parte mais importante, pois aqui eu consigo me manter atualizada sem problemas. Ainda tenho a opção de marcar como lido (se você já visitou o blog e leu antes de acessar o BlogLovin', por exemplo), marcar como "Gostei" (que aparece para o blog e seus amigos) e compartilhar.

   No print ainda vemos as outras opções:

- Popular: Marca os blogs mais populares por categoria. Não gosto de usar por um simples motivo: não tem como selecionar por linguagem. Achei um blog lindo esses dias, mas era todo escrito em alemão :'(

- Find Blogs: Aqui sim vieram recomendações de blogs em português, mas se eu clicar nas categorias na lateral aparecem blogs em outras línguas.

- Get App: O meu 3g é uma droga, mas para quem tem uma internet decente no celular, existe o aplicativo para Android e IOS.

   Apesar dos defeitos que citei, se você já tem uma lista de blogs que visualiza, é uma ótima ferramenta. Fiz uns testes com a Camille do Beletristas, e as visitas contam como visita no sistema do blog (o meu Blogspot, o dela Wordpress). Seguindo amigos e usando o Find Blogs também é uma boa maneira de conhecer outros blogs.

   Gostaram da plataforma? Já usam? Não se esqueçam de seguir o Sincerando ;)


MSP – Mauricio de Sousa Por 50 Novos Artistas

Artistas: Vários
Editora: Panini Comics

   Hoje eu quero falar de um livro diferente: uma releitura dos personagens do Maurício de Sousa. Tem a Turma da Mônica, Piteco, Turma da Tina, o pessoal do Jotalhão, e tem vários desenhos super diferentes de vários artistas diferentes.

   O livro é composto de várias histórias pequenas, geralmente de duas ou três páginas. Tem alguma ilustrações de uma página também. Não gostei de algumas histórias e alguns traços, mas gostei do resultado final e fiquei apaixonada por algumas histórias e ilustrações. Como são muitas histórias pequenas não vou poder comentar sobre elas sem soltar algum spoiler, então selecionei algumas das minhas ilustrações favoritas sem tirar spoiler na foto :)

   Cada foto tem o nome do artista também, então se vocês se interessarem pelo trabalho do artista, podem procurar. Existem mais dois livros nesse esquema e estou curiosa para vê-los, devo comprar logo. Deixo aqui o link para esse livro e para o outro:

MSP - Mauricio de Sousa Por 50 Artistas
MSP - Mauricio de Sousa Por Mais 50 Artistas

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Cultura, Saraiva (brochura, encadernado), Travessa.

Clique em "Mais informações" para conferir as fotos :)

Read-a-thon BR : Tema Livre! [09/02 - 15/02]

Créditos à página do Facebook do Read-a-Thon Br

   E chegou novamente: o Read-a-Thon BR começa hoje e vai até dia 15/02, com tema livre! Estou ansiosa por essa nova edição, já que as outras me ajudaram muito a ler. Com esse calor todo eu não tenho tido ânimo para ler, e fazer metas de curto prazo ajuda bastante. Não sabe o que é o Read-a-thon? Confira aqui. Curioso em relação às edições anteriores? Confira o resultado final das edições Distopias e  New Adult.

   Essa nova edição traz tema livre, o que ajuda a adiantar aquelas leituras que precisamos fazer mas por algum motivo não fizemos ainda. Eu sempre faço metas altas demais e dessa vez vou ser boazinha comigo mesma :)

   Como meta inicial vou colocar dois títulos:

1 - Lost Boys - Lilian Carmine
 


   Sinopse: Joey Gray acaba de se mudar para uma pequena e estranha cidade, e está se sentindo um pouco perdida. Até que ela encontra um garoto misterioso e encantador bem próximo de sua casa. Mas Joey mal suspeita que Tristan Halloway tenha um bom motivo para estar sempre vagando pelo cemitério da cidade... Perfeito para fãs de Stephenie Meyer e Lauren Kate, Lost Boys é uma história romântica e mágica entre uma garota e um fantasma. O destino os aproximou. Mas poderá também separara-los?



Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) AmericanasCulturaFnacSaraivaSubmarinoTravessa.

   Número de páginas: 464 (faltam 413 para ler)
   Eu já comecei esse livro, então a minha meta é terminar os outros 89% (no Kindle) que faltam para terminar.

2 - A Menina que Roubava Livros - Markus Zusak


   Sinopse: A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler.

Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade.

A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto - e raro - de crítica e público.

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Saraiva (capa do filme), Submarino, Travessa.

    Número de páginas: 480
   Eu já li esse livro há alguns anos, mas não lembro de quase nada e queria fazer a releitura pra ver o filme. Nada melhor que juntá-lo à meta para fazer andar a leitura :)

   Total de páginas estimadas para essa edição: 893
   Espero conseguir terminar esses e ler mais alguma coisa nesse período. E vocês? Já participaram, vão participar? Qual suas metas? Deixem nos comentários o que acharam da meta e dos livros e o que vão ler :)

Boa leitura!

O Peso do Silêncio



Autora: Heather Gudenkauf
Editora: Harlequin Books

   Calli é uma menina de sete anos que não fala. Ela não é muda, mas parou de falar depois de um momento trágico na família, ao quatro anos. Em uma noite ela e sua melhor amiga, Petra, desaparecem. A partir daí uma busca é organizada e a família das crianças mais o assistente de xerife Louis começam a refletir sobre o passado e o que poderia ter acontecido.

   Calli é uma menina doce e inteligente que perde a voz e a reencontra em Petra, que consegue entender o que ela quer e precisa e repassa para os que estão a sua volta. Tem um pai alcóolatra e violento, uma mãe trabalhadora e humilde e um irmão mais velho que tenta protege-la. Petra é filha única de um casal mais velho, que demorou a conseguir ter um filho.

  O suspense é forte, mas temos a visão de Calli no livro, e com isso sabemos o que aconteceu com ela. Além de Calli outros personagens como sua mãe, o pai de Petra, seu irmão. Esses pontos de vista vão contando não só a história das meninas como dos outros personagens envolvidos, e enriquecem a história.

   O livro traz várias reviravoltas e eu só consegui realmente descobrir o que aconteceu quando estava na metade da leitura. Mesmo assim, o final estava indefinido para mim. O enredo trabalha muito o lado psicológico dos personagens. A família de Calli sofreu vários baques e tem vários problemas, enquanto outros personagens, como Louis, também estão atormentados por questões do passado.

   Fiquei extremamente envolvida com a história e torci para que tudo acabasse bem. Me senti extremamente sensibilizada com a situação de Calli e curiosa para saber o que teria acontecido para que ela parasse de falar. Para os que se preocupam com finais indefinidos, não se preocupem: tudo é esclarecido. Recomendo para quem goste de suspenses e histórias psicológicas. Já comprei outro livro da autora e pretendo continuar lendo seu trabalho.

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!
Follow my blog with Bloglovin
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...