[SORTEIO] Dia das Bruxas Literário + O Príncipe da Névoa


   Em comemoração ao Dia das Bruxas (ou Halloween), cinco blogs se juntaram para premiar vocês! O Sincerando, Beletristas, Di Moça, Blog da Juh Claro e Babi Lorentz vão sortear os  livros:

Branca de Neve e o CaçadorLily Blake, Evan Daugherty, John Lee Hancock, Hossein Amini 
Bruxos e Bruxas - James Patterson
Sangue na Neve - Lisa Gardner
O Príncipe da Névoa - Carlos Ruiz Zafón
Manuscritos do Mar Morto Adam Blake


    Você pode se inscrever até dia 25 de novembro, e o resultado sairá dia 26. Confiram as regras no formulário de inscrição, em "Terms and Conditions". Como eu vou contribuir com "O Príncipe da Névoa", vou deixar aqui a minha opinião sobre ele ;)

Autor: Carlos Ruiz Zafón
Editora: Suma de Letras

   "O Príncipe da Névoa" foi o primeiro livro publicado por Zafón, como ele mesmo diz em "Uma nota do autor", e foi o primeiro livro que eu li do autor. Conta a história de Max Carver, que se muda para um vilarejo no litoral junto com sua família, e descobre que a nova casa tem história. Na parte de trás da casa existe um estranho jardim, com aparência abandonada, estranhas estátuas e símbolos desconhecidos.

   Suas irmãs e o próprio Max começam a ter experiências assustadoras, mas existe mistério no vilarejo também. Max conhece um rapaz chamado Roland, que o apresenta a um estranho barco naufragado, repleto de coisas, no qual, em uma tempestade, quase toda a tripulação morreu, restando somente um homem, que comanda o farol do lugar.

    O livro é bem pequeno, mas é uma leitura densa. Os personagens são complexos e a história beira o mistério e o terror. Temos uma trama intricada e surpreendente, e os detalhes vão se encaixando aos poucos. Aproveitei bastante a leitura, o que me deixou louca de vontade de ler as outras obras do autor (tanto que acabei comprando vários outros livros na 5 por 50 do Submarino :p ).

    Recomendo a quem goste de uma boa história de suspense, mistério ou sobrenatural, e tem até um pouco de romance. O livro é bem escrito e desenvolve com rapidez, mas aconselho que seja reservado um tempo específico só para ele, pois em várias partes eu parei para pensar sobre o que li. Espero que gostem tanto quanto eu :)

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa sorte a todos! ;)

a Rafflecopter giveaway

A Elite

ATENÇÃO: Esse livro é o segundo da trilogia A Seleção.
O primeiro livro é: A Seleção
Para quem não leu o primeiro volume, essa resenha contém spoilers.
 Quem já leu, fique tranquilo, sem spoiler :)

Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte

   Esperei bastante por essa sequência, não em questão de tempo, mas de ansiedade. A Seleção me agradou bastante, e fiquei super curiosa com o que aconteceria, mas infelizmente o livro não atingiu minhas expectativas.

   Nesse livro começamos com as últimas seis garotas. Com isso o processo se torna mais acirrado e conhecemos mais as outras participantes. Entretanto, America ainda se encontra dividida entre Aspen e o príncipe Maxon, o que foi totalmente maçante para mim. A disputa entre os dois se torna desnecessária nesse livro, ao meu ver, pois é óbvio que Aspen não tem espaço nem tempo para agir, além de ser um personagem muito chato.

   Me irritei profundamente com America nesse livro. Ela conhece um novo mundo, passa por várias experiências e parece que não consegue mudar. Maxon, por outro lado, me surpreendeu. Nesse livro vemos um outro lado do príncipe, e descobrimos coisas interessantes. Ganhou meu voto em relação ao triângulo, mas não voto que ele termine com a America, sinceramente.

    Uma coisa que ficou meio de lado: os rebeldes. Achei que nesse volume seria mais explorado tanto o movimento revolucionário quanto a estrutura da sociedade distópica, e isso não aconteceu. Os rebeldes não ficaram esquecidos, mas não receberam destaque também. Espero que a autora não atropele tudo no terceiro livro.

   Ainda estou ansiosa para ler o terceiro livro (que até agora só tem o título original, The One), mas não estou tanto quanto estava para este. Espero que a autora consiga mudar America, caso ela fique com Maxon, pois não acho justo que terminem juntos, do que jeito que está. Queria realmente ver uma mudança na sociedade, mas não necessariamente uma revolução, não se encaixaria na história da forma em que foi construída até agora, e se for feita, acredito que ficará faltando espaço para ser feita.

   Espero que quem tenha lido o primeiro livro se satisfaça mais com esse do que eu. Deixem seus comentários para que eu possa saber o que acharam. ;) Deixo de bônus a capa do terceiro livro, edição original, que já está em pré-venda na Amazon (lançamento 6 de maio de 2014). Boa leitura!

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Para comprar a trilogia completa: Submarino.


Delírio

"É o mais mortal entre todos os males: 
você pode morrer de amor ou da falta dele."

Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca

   Há 60 anos classificaram o amor como uma doença: amor deliria nervosa. E como doença, desenvolveram uma cura. Aos 18 anos, todos passam por ela, calmamente ou não. Lena espera ansiosa por esse dia, o dia em que terá certeza de que não vai poder mais ficar doente, que não vai sentir a angústia e a dor que sente. Que tudo vai desaparecer. Entretanto, alguns acontecimentos começam a perturbá-la, e memórias antigas começam a retornar. Será que ser curada seria a coisa certa?

   Lena vive em um mundo em que o amor é uma doença, um problema. E existe uma cura para isso, que deixa a pessoa imune ao amor, mas também aos outros sentimentos. Não existe irritação, raiva, nada, só uma indiferença emocional. Antes da cura, existe uma entrevista, que rankeia as pessoas num sistema de pares, e decide com quem o cidadão irá se casar. E ela tem uma passado misterioso, que luta para esquecer.

   Tudo muda quando conhece Alex, um rapaz misterioso que estava em um lugar onde não deveria estar. Desse dia em diante, acabam se encontrando mais e mais vezes, em lugares diferentes. Sua amiga Hana é uma forte presença em sua vida, e traz desafios inesperados, a levando a pensar se realmente conhece a melhor amiga. 

   Alex traz uma nova direção para sua vida, e a ajuda a descobrir segredos que fazem com que reavalie tudo no que acredita. Mas será que Lena conseguirá lutar contra tudo o que aprendeu e finalmente se render ao amor?

   Gostei dos personagens, e da forma como a história foi construída. A família de Lena traz uma aproximação de como as pessoas curadas se comportam, e ela mesma revela alguns problemas causados pela cura. Hana é adorável, acho que toda menina que ler terá vontade de tê-la como melhor amiga. E Alex é um fofo também, achei suas atitudes bem coerentes. 

   Me peguei ansiosa para saber o final, e da metade do livro para o final entrou bastante ação, me deixando aflita. Por outro lado, não sei se pego a continuação logo, ou espero sair o final da trilogia em português antes. Dependendo do segundo livro, vou ficar aflita para ler o final. A trama é muito interessante, e traz questionamentos importantes, então super recomendo!

Ps: A capa não é igual a imagem! É linda, meio metalizada, com uma cor meio cinza-esverdeada (não sei dizer qual é). Só que quando fui tirar uma foto, ficou ruim, então usei essa que é a usada no site da editora.

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Cultura, Saraiva.

Boa leitura!

[TAG] Infância Literária

A TAG foi criada pela Bruna Camargo e eu a conheci através do blog da Maura Parvatis. Resolvei responder para comemorar o Dia das Crianças, espero que gostem!

1 - Mostrar fotos de infância

Tenho várias fotos em álbuns espalhados na casa da minha mãe e na do meu pai, mas consegui digitalizar algumas, que guardo no HD, então separei algumas que gosto muito :)

Minha mãe e eu (1990)

Minha irmã e eu (1994)




Coral dos Canarinhos (1997)
Visita à uma editora (1999)









2 - Qual foi o seu primeiro livro?

Bom, eu não tenho fotos, mas os meus primeiros livros (o que me lembro) eram livros de higiene. Eu tinha um inflável, com um menininho, que falava sobre banho e um de pano, que eu não lembro direito do que falava. Nem sei o que foi feito deles.

3 - Memória boa de infância



Eu AMAVA as aulas de dança que tinha no colégio.
Infelizmente, mudei de colégio, e os outros não ofereciam essa aula, mas apesar de sempre me sentir meio desengonçada (sempre fui), era uma das minhas aulas prediletas.





4 - Um livro que te traga nostalgia

 

Eu adorei esse livro quando era criança. Ele tem uma história muito bonita, e lindas ilustrações. Até acabei comprando de novo esse ano, porque não sei aonde foi parar o livro que eu tinha.






5 - Livro ou história preferida na infância



Os quadrinhos embalaram minha infância. Turma da Mônica principalmente, mas eu amava Asterix e Obelix, são muito divertidos e os quadrinhos eram muito bonitos e super coloridos.







6 - Um personagem infantil que lembre você quando criança (não precisa ser de livro infantil)

Gente, não sei responder isso. Sério. Eu me identifiquei muito com a Hermione (Harry Potter, dã) quando li o primeiro livro. Em alguma parte da minha infância eu me tornei uma criança mais introspectiva, e lia mais, mas sempre fui muito curiosa e isso acabou fazendo com que eu me tornasse incômoda às vezes, antes de me tocar que nem tudo precisa ser perguntado. Mas hoje em dia, não vejo muitas semelhanças entre nós, e nunca tive dois melhores amigos crescendo junto comigo :(

7 - Uma história engraçada da infância

Eu e minha irmã brincamos de bonecas (Polly, Barbie, Suzie, Mulan, Sailor Moon) até os meus 12 anos, eu acho. E eu inventava várias histórias mirabolantes, como sequestros, dramas mexicanos, etc. Só que a gente sempre brigava nessas horas, porque ela não queria entrar na brincadeira às vezes, e queria sempre que eu fosse a empregada dela na história ¬¬

8 - Um personagem infantil que você gostaria de ter tido como amigo (não precisa ser de livro infantil)

Eu queria ser amiga da Turma da Mônica quando era pequena, eles eram tão felizes e amigos! E eu adorava a personalidade de cada um. Quando comecei a ler Harry Potter, queria ser amiga da Hermione, e dei uma esquecida deles.

9 - Qual era seu maior medo na infância

Não me lembro. Mas eu lembro que minha mãe me esqueceu uma vez no colégio, e eu me perdi dela uma vez num mercado grande, então fiquei desesperada de ser esquecida/perdida por algum tempo.

10 - Um livro infantil que você recomenda


Harry Potter marcou minha infância e adolescência. Eu cresci acompanhando o lançamentos dos livros, e vibrando por eles. Engraçado, que foi um livro que quase não li, por achar muito fino rs
Recomendo que qualquer um que não tenha lido, leia. É uma história maravilhosa, e apesar de não ficar muito feliz com o final, é uma das minhas sagas prediletas, e até hoje acompanho as novidades, sigo páginas no facebook e estou sempre esperando novas histórias. Um dos poucos que me fez ler fanfics. 

Feliz dia das crianças para todos!

[Indicação e-book] 582 quilômetros


Autora: Camille Thomaz Labanca
Editora: KDP (Kindle Direct Publishing)

E se você se apaixonasse por alguém que morasse muito longe?
582 quilômetros, para ser exata.
   E se você só conhecesse essa pessoa por foto,
mas ele fosse tudo o que você sempre quis?
   
   Julieta conhece Mateus através de uma foto, e nunca falou com ele. E mesmo assim, está encantada. Ele é forte, alto, com mãos grandes e barba. Tudo o que ela sempre quis. Mas ele está muito longe, a 582 km. Será que esse amor dará certo?

   Inaugurando o "Indicação e-book", espaço para falar de livros que só estão à venda na Amazon, trago o "582 quilômetros"! Conheci esse ebook porque conheço a autora. Acabei me apaixonando pela história e pelo modo de escrever. O conto é pequeno (infelizmente), mas é muito bem escrito e emocionante. A história de Julieta e Mateus é envolvente, e faz o leitor se sentir apaixonado junto. Fiquei com vontade de saber mais.

   No final do ebook ainda temos outro conto, uma reflexão sobre a vida de um adulto no seu aniversário, o que foi realizado, o que foi almejado. Igualmente bem escrito e envolvente. Dá para sentir a angústia da personagem.

   Super indicado para aqueles que estão procurando uma leitura leve, mas ao mesmo tempo não querem ler qualquer coisa. A leitura é rápida e prazerosa, tudo o que nós leitores, queremos ;) Aproveitem que até amanhã (05/10) o ebook está de graça na Amazon, e prestigiem essa autora nacional!

Link de compra: 582 quilômetros
O livro está a venda somente na Amazon. Dúvida em como ler o ebook? Confira aqui.
Site da autora: Beletristas

Boa leitura!

O Menino Que Não Queria Ser Príncipe



Autora: Georgina Martins
Ilustradora: Laura Michell
Editora: Edelbra

   O primeiro livro que li dos que recebi da editora Edelbra (quem perdeu o post sobre a parceria pode conferir aqui). O livro é um charme! Capa dura, do jeito que gostamos, tem ilustrações belíssimas logo na capa e contracapa, e chama bastante atenção:




   Na parte de dentro, tanto no começo quanto no final, e no começo de cada história, tem essa linda ilustração, super colorida!

   Dentro do livro temos 3 histórias infantis, todas trazendo aquele sabor doce de infância de volta. Algumas com um toque que pode ser assustador, mas que com isso traz aquela ânsia para saber o final que todo leitor gosta de sentir. Vou falar um pouco de cada uma abaixo. As histórias são pequenas, então não vou falar muito pra não estragar o final ;)

1 - Os presentes da princesa

   Uma linda princesa da cor da noite precisa se casar, mas o rei não consegue se decidir entre seus pretendentes. Resolve então desafiar três deles: quem trouxesse o melhor presente de todos em seis meses, ganharia a mão da princesa! Mas quem disse que isso fará a escolha mais fácil?
   Amei as ilustrações, e a história é muito doce. Me lembra alguma que já ouvi mais nova, e isso me encantou profundamente. 


2 - O silêncio da princesa

   Um príncipe mau educado, que apronta com uma senhora: confusão garantida! O príncipe é amaldiçoado, e precisa conquistar a princesa silenciosa para conseguir se curar. Mas ela é extremamente cruel, será que ele vai conseguir?
   Outra que me trouxe lembranças da infância. Quais de nós não conhece a história da gentil senhora, que ora dá presentes quando somos bondosos e ora castiga quando somos malvados? Muito fofo o final.


3 - O menino que não queria ser príncipe

   Um menino pobre nasce perto de um reino, onde uma princesa também nasce. Ele consegue incríveis habilidades e tem um destino maravilhoso à sua frente. Mas qual seria seu maior desejo?
   Muito engraçada e espirituosa, adorei esse conto! O menino é muito esperto e a história traz uma das adivinhações mais legais que já escutei. 


   O livro é uma graça, com aquele papel brilhante que eu amava quando era criança (e pelo qual ainda tenho uma quedinha rs). As letras são grandes (como mostrado na imagem acima), e muito agradáveis. Não tirei foto de uma parte do texto porque não queria dar spoiler. Super recomendado para quem quer recordar a infância, ler para o filho ou presentar. 

Mais informações:
17,5 X 25,6 cm - 64 páginas - Capa Dura
Selecionado: - 50 melhores livros de 2012, Jornal O Estado de São Paulo
- Catálogo de Bolonha – FNLIJ/2013
Altamente recomendável /Fnlij

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Cultura, Fnac, Saraiva, Travessa;

Boa leitura!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...