[Especial] Bienal do Livro Rio 2013


   O evento mais esperado para os amantes de livros começou!
   Estarei presente nos dias 31, 01, 07 e 08!

   Separei aqui os eventos listados na programação que me chamaram atenção e que quero ir:

31 de agosto

16:00 – Encontro com autores: Thalita Rebouças e Maurício de Sousa – Pavilhão Azul, Auditório Rachel de Queiroz      
17:00 – A difícil arte de transformar realidade em literatura – Pavilhão Azul
17:00 – Escritos e escritores de literatura fantástica no Brasil – Raphael Draccon – Pavilhão Verde

01 de setembro

12:00 – O traço e a escrita na produção do narrar – Pavilhão Azul
15:00 – Como entrar pela porta dos fundos e sair pela porta da frente? – Porta dos Fundos – Acampamento no auditório Rachel de Queiroz
16:00 – Encontro com autores: Maurício de Sousa e Mônica – Pavilhão Verde, Auditório Mário de Andrade
17:00 – O que é um autor? Agruras e prazeres de quem se dedica à escrita – Ana Maria Machado, Luiz Ruffato e Mia Couto – Pavilhão Azul
18:30 – Literatura e situações-limite: histórias de traumas e regeneração – Emma Donoghue e Cintia Moscovich – Pavilhão Azul

07 de setembro

12:00 – Parlatório Fan Fiction – Pavilhão verde
15:30 – Maravilha de ler: Ilustração do livro infantil – Axel Scheffler e Andrés Sandoval – Pavilhão Azul
16:30 – Guia prático para entender os nerds – Eduardo Spohr – Acampamento no auditório Rachel de Queiroz

   Não sei se vou poder ir a todos, mas espero conseguir! Caso alguém tenha notado, separei duas palestras no mesmo dia e no mesmo horário, porque não consegui me decidir ainda em qual eu vou. Vou estar rodando por lá, e quem quiser me conhecer é só me procurar! Fiz marcadores para o blog, então também estarei distribuindo! "Mas, Sarah, como posso te reconhecer?" Caso não consiga lembrar do meu rosto através da foto (haha, claro), pode me reconhecer da seguinte maneira:


   Surpresa! Fiz camisa do blog para mim e para meu namorado, então se você avistar alguém com essa camisa, pode parar e falar comigo :) Vou adorar conhecer vocês!

   Existem alguns eventos que não estão listados na programação da Bienal, como autógrafos em stands de editoras, e outras coisas, então fiquem de olho nas redes sociais das editoras para não perder nada. E gente, lá é gigante, então nada de salto alto e roupa desconfortável, certo? Senão fica difícil aguentar ;)

   Deixo abaixo o link do site da Bienal para maiores informações, espero encontrar vocês lá! 


Read-a-Thon BR: Distopias


Créditos à página do Facebook do Read-a-Thon Br


   Novo Read-a-Thon chegando, e eu vou participar!

  Para quem não conhece o projeto, deixo aqui o link para o post original do blog, informando sobre o Read-a-thon, que foi trazido para o Brasil pela Bárbara Lorentz e a Camille Thomaz, com os respectivos links dos blogs delas. Resumindo, é uma semana em que você se desafia a ler o máximo que puder de um tema específico.

   Nessa nova edição do Read-a-thon vamos ler Distopias! Adoro esse tema, e fiquei muito feliz por ele ter sido escolhido na votação. Tenho alguns livros que não tinha lido ainda, e guardei justamente para essa semana. A semana vai do dia 25/8 ao dia 31/8. 

Os livros que eu escolhi foram os seguintes:


         
 Skoob                                       Skoob                                  Skoob       

   É uma lista prévia, de algumas coisas separadas, mas se eu gostar desses, talvez eu pegue as sequências. :)

   Boas séries distópicas também são: Jogos Vorazes e Divergente. Já li e gostei das duas. Deixo um link de pesquisa do GoodReads, que contém algumas listas de distopias. 

   E vocês, vão participar também? Eu me diverti e rendi bastante na primeira edição, espero que essa seja assim também! Depois comentem o que acham do gênero, o que vão ler, é sempre bom ter novas dicas! 

 Boa leitura ;)

Vidas Trocadas

"Eu a perdi, e ela nem mesmo era minha.
As palavras despencam desajeitadamente numa dança, frias, pesadas e duras.
Ela nem mesmo era minha mãe para que eu a perdesse."


   Rosie perde sua mãe para uma doença degenerativa que atinge o sistema nervoso: a doença de Huntington. Além de um longo período doloroso ela ainda sofre por outro motivo: a possibilidade de morrer da mesma maneira. Por ser um mal genético, Rosie tem 50% de chance de ser portadora da doença. Ela então conta à Tia Sarah, uma vizinha que as acompanhou desde sempre, que queria fazer o exame para descobrir.

   E mais uma vez, sua vida muda. Ela descobre não ser filha biológica de Trudie, a mulher que a criou e amou desde sempre. Dividida entre raiva e confusão, ela parte em busca da verdade e suas raízes, e acaba encontrando mais do que o que foi procurar.

   Fiquei encantada com a capa desse livro na primeira vez que o vi, e acabei não resistindo. Quando peguei nele e li a sinopse, ele acabou de me conquistar. Dei sorte de estar em promoção na loja online e comprei. E não me arrependo. Desde que o livro chegou, essa semana, fiquei dividida entre continuar a leitura de Saco de Ossos ou lê-lo. Tentei até escondê-lo no fundo do armário, tirar de vista. Juro, não adiantou.

   Hoje finalmente eu sucumbi à leitura, e confesso, não consegui parar. A história me fisgou, pelo enredo, pelos personagens, pela escrita. Não é só mais um caso de troca de bebês, é muito mais. Temos todo o drama sobre uma doença que não é popular, eu pelo menos nunca tinha ouvido falar dela. E mesmo assim, é uma doença perigosa, dolorosa. Muitas pessoas passam por ela sem saber pelo que estão passando, sendo discriminadas e repelidas pela sociedade e pela família, abandonadas em uma azar genético. Mas vemos Trudie, uma mulher forte, amorosa, que lutou o quanto pode e teve o apoio que muitos não tem.

   Por outro lado temos a história de Rosie, uma menina que perde a mãe cedo, e logo após o resto do mundo que ela achava certo, desmorona. E uma coisa que sempre me deixou curiosa, até que ponto somos resultado do que somos geneticamente? Como podemos afirmar que não sabemos quem somos só porque não sabemos de quem nascemos? E Rosie passa do medo do futuro para o medo do que ela desconhece, para um sentimento de não pertencer a vida que viveu.

   Conhecemos outros personagens de sua vida e as pessoas que ela encontra em sua jornada, e são pessoas muito interessantes. A autora consegue criar personagens que não gostamos, mas não conseguimos deixar passar, e personagens à quem nos afeiçoamos, e isso faz toda a diferença no livro. Ele traz muitas emoções, muitas reflexões, e acima de tudo, uma lição que pode ser útil para pessoas que se sentem perdidas de um modo geral na vida, não só aquelas que consideram não saber quem são.

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.

Boa leitura!

Maratona Literária: Resultado Final

   Voltando para fazer o post final da Maratona Literária, resumindo o que li nesses dias, e o que consegui terminar :)




Total de páginas: 1521
Livros:
Outra volta do parafuso - Henry James
Marina - Carlos Ruiz Zafón
Noah Foge de Casa - John Boyne
A vida em tons de cinza - Ruta Sepetys
A mala de Hana - Uma história real
Coisas Frágeis - Volume 1
Coisas Frágeis - Volume 2
O pianista - Wladislaw Szpilman


   Acabei terminando um livro que estava lendo antes da maratona e não havia terminado: Hopeless. Li aproximadamente 341,6 páginas (calculando 70% do livro, porque li no Kindle), mas vamos contar como 341, para facilitar. Realizei o primeiro desafio diário também :)
Total de páginas lidas: 341


   Começando a ler livros da meta, consegui ler Coisas Frágeis 1 e uma parte de Coisas Frágeis 2. Não realizei o segundo desafio diário :(
Total de páginas lidas: 186


   Terminei de ler Coisas Frágeis 2, li uma revistinha da Turma Mônica Jovem (:p) e A mala da Hana. Fiz o terceiro desafio diário :D
Total de páginas lidas: 246


   Só consegui ler 12 páginas de Marina, e não fiz o desafio diário :(
Total de páginas lidas: 12


   Falta de tempo define. Não fiz nada relacionado a leitura nem à Maratona nesse dia. :'(
Total de páginas lidas: 0


   Mais animada com o final de semana e com mais tempo em mãos, consegui aproveitar melhor! Terminei Marina, li Noah Foge De Casa e ainda peguei um pedaço de A Vida Em Tons De Cinza *-*
Total de páginas lidas: 430 (Melhor dia o/)

Dia #7

   Hoje não sosseguei até terminar A Vida Em Tons de Cinza. Livro profundo e sofrido de ler, mas não consegui parar até descobrir o que aconteceu com as pessoas que estavam naquela situação tão difícil. Comecei a ler Outra Volta do Parafuso, mas só consegui ler 40 páginas. Acabei lendo muitos livros com temática emocional essa semana, e isso me esgotou. Planejo pegar um Chick lit ou alguma outra coisa mais leve, para sair desse clima. 
Total de páginas lidas: 222

Total de páginas lidas na Maratona: 1437

   Não consegui terminar a meta, mas estou satisfeita. Eu subestimei os livros escolhidos, e algumas leituras foram mais difíceis do que eu havia imaginado. Faltaram somente 84 páginas para a meta de páginas e praticamente dois livros para ler (já havia começado a ler um deles). Acho que eu poderia até ler essas 84 restantes hoje, mas estou realmente esgotada e resolvi parar antes de começar a perder o sentido do que estava lendo. Gostei muito de poder participar e comentar como estava indo no grupo da Maratona. Uma coisa que ficou bem clara para mim durante a semana foi que eu leio muito melhor no Kindle.

   Todos os livros escolhidos eram cópias físicas que tinha aqui, e acabou sendo um desafio ler no transporte enquanto estava indo ao trabalho ou até mesmo quando voltava para casa. Intensificando a leitura e montando metas foi uma forma de ficar bem claro o quanto o Kindle me ajuda na leitura, e como valeu a pena comprá-lo.

   Espero que tenham curtido acompanhar o meu progresso na Maratona e que tenham se divertido também, caso tenham participado. 

Boa leitura! ;*

Maratona Literária: Dia #4 #5 #6

   Bom, acabei compilando os dias, porque eles não foram muito produtivos. Vamos lá:

Dia #4 (01/08) - Acabei lendo somente 12 páginas de Marina.
Dia #5 (02/08) - Não consegui ler nada :(

   Ontem, como foi sábado, tive mais tempo, e consegui me concentrar mais na leitura. Foi bem produtivo até :)


Terminei Marina ontem! O começo do livro não me animou muito, mas insisti e não me arrependi, gostei bastante. Acabei acelerando a leitura quando me interessei mais e terminei rapidinho. 

Páginas lidas ontem: 177

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Fnac, Saraiva, Submarino, Travessa.



Comecei Noah foge de casa e terminei ontem também, achei um livro engraçado e ao mesmo tempo cheio de lições. Foi uma leitura rápida também, mas não contei quanto tempo exatamente levou.

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas,  CulturaFnacSaraivaSubmarinoTravessa.

Páginas lidas ontem: 195


Comecei A vida em tons de cinza, mas deu 23:59 e parei de ler, para não perder a contagem. O livro tem uma temática pesada, e assim já começou. Vou continuar lendo, espero terminar hoje.

Páginas lidas ontem: 58

Compre aqui: (você ajuda o blog com uma pequena porcentagem sem aumentar o valor da sua compra) Americanas, Cultura, Saraiva, Submarino, Travessa.



Total de páginas lidas ontem (03/08): 430

Não fiz o desafio diário de nenhum desses dias, infelizmente. E o último foi ontem, então hoje só vou postar sobre o que eu li e se consegui terminar a meta.

Boa leitura!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...